29 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Randolfe Rodrigues diz que pedido de apoio eleitoral de Bolsonaro a Biden é caso de impeachment

Senador diz que isso só não acontecerá por causa de “traidores da pátria”, como o PGR Augusto Aras

Randolfe Rodrigues acusa “traidores da pátria”

No encontro que teve com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu o apoio do líder americano à sua corrida eleitoral no Brasil.

Bolsonaro, um aliado de Donald Trum, disse a Biden que o ex-presidente Lula é perigoso para os interesses americanos. Nesse momento, segundo a agência de notícias americana Bloomberg, Biden tratou de mudar o assunto da conversa, no encontro que aconteceu às margens da Cúpula das Américas.

O caso repercutiu no Brasil e, segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), seja na legislação brasileira ou na legislação americana, Bolsonaro deveria ser imediatamente afastado do cargo e responder por traição à pátria”.

O senador declarou que isso só não acontecerá por que Bolsonaro é aliado de outros “traidores da Nação”. E ele cita, entre eles, o Procurador Geral da República, Augusto Aras, a quem caberia representar juridicamente contra o presidente, ainda o deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara.