20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Rede estadual começa as aulas em formato remoto no dia 10 e portaria da Semed define regras para Maceió

Medida visa garantir segurança da comunidade escolar e avanço do COVID-19 em AL; escolas começam seu planejamento interno nesta sexta-feira (05)

Na rede estadual, aulas permanecem à distância. Foto: Thiago Henrique

As aulas da rede pública estadual começarão no dia 10 de março em formato remoto – ou seja à distância. A medida visa garantir a segurança de toda a comunidade escolar e conter o avanço do COVID-19 em Alagoas.

De acordo com a portaria 3019/2021, publicada em 26 de fevereiro, em seu artigo 2º, esse modelo de ensino remoto pode, futuramente, avançar para o ensino híbrido e presencial quando o cenário da COVID-19 apresentar um diagnóstico favorável, baseado nas avaliações das autoridades sanitárias.

No ensino remoto, as atividades podem ser realizadas com ou sem a mediação tecnológica, com a entrega de conteúdo impresso para os estudantes sem acesso a internet.

A partir desta sexta-feira (05), as escolas começarão a se reunir virtualmente para fazer seu planejamento interno com seus professores.

Vale ressaltar ainda que organização da oferta da Educação Básica na rede estadual se dará na perspectiva do Ciclo Emergencial Continuum Curricular, onde serão trabalhadas as aprendizagens não alcançadas em 2020.

Fachadas das Secretarias Municipais. Foto: Pei Fon Secom/Maceió

Maceió

As escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed) estão em fase final de organização para iniciar o ano letivo de 2021. As aulas começam no próximo dia 15, em formato não presencial.

O Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira, 4, circula com a portaria que define as normas e procedimentos para o Calendário Escolar do Ciclo Emergencial Continuum Curricular 2020/2021, que compensa as aulas de 2020 prejudicadas pela pandemia do novo coronavírus, e atende a agenda de 2021.

A portaria recomenda ampla divulgação do calendário anual de atividades, o período do recesso escolar (entre os dias 23 de junho e 7 de julho), feriados e pontos facultativos, entre outros procedimentos das escolas.

A comunicação referente a esse planejamento, conforme a portaria, deverá ser feita por todas as formas possíveis, incluindo aplicativos de trocas de mensagens e redes sociais.

Para o cumprimento do ano letivo de 2021, as escolas irão considerar todas as atividades, sendo estas síncronas, com a presença de professor, ou assíncronas, quando os alunos deverão realizar as tarefas escolares. De acordo com a Secretária Adjunta, Emília Caldas, os sábados também podem ser utilizados como ano letivo.

“O ano letivo iniciará em formato não presencial e, para composição da carga horária, os sábados poderão ser utilizados como dias letivos”. Emília Caldas.

A Semed fará um evento online para acolhida, tanto de professores quanto de alunos, para iniciar o ano de 2021 nas escolas. Os detalhes ainda serão divulgados.

O Ciclo Emergencial Continuum Curricular está baseado em documentos estabelecidos pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e pelo Conselho Municipal de Educação (Comed).