26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Rede estadual volta às aulas com frota renovada e com reforço nos protocolos sanitários

Medidas como aferição de temperatura corporal, higienização de veículos e demarcação do distanciamento social garantem segurança aos estudantes

Foto: Jonathan Lins

Com o retorno das aulas nas escolas estaduais previsto para a próxima segunda-feira (16), a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) reforçou a segurança em um dos mais importantes instrumentos para o acesso à educação: o transporte escolar.

Além da aquisição de uma nova frota por meio do programa Meu Transporte Novo, o Estado implantou rígidos protocolos sanitários para controlar a entrada e saída de estudantes nos veículos.

Por meio do Meu Transporte Novo, o Estado investiu R$ 60 milhões na aquisição de 300 novos ônibus – dos quais 200 são destinados aos municípios que, por meio do Programa Gestão Integrada de Transporte Escolar (Geite), transportam alunos da rede estadual no interior, e 100 são de uso exclusivo da rede estadual.

“Temos em Alagoas uma média de mais de 75 mil alunos que dependem do transporte escolar para se deslocar das suas residências até a sua unidade de ensino. O reforço às frotas era uma carência muito demandada pelos municípios e uma determinação prioritária do governador Renan Filho. Estamos entregando ônibus novos em todo o estado por meio das ações do programa Meu Transporte Novo, garantindo um retorno às atividades presenciais dos nossos jovens e crianças com mais segurança”. Rafael Brito, secretário da Educação.

Além disso, a secretaria implantou um protocolo sanitário rígido para o transporte de alunos da rede estadual, o que inclui, dentre outras medidas, disponibilização de álcool para os estudantes, aferição de temperatura corporal, higienização de veículos e demarcação do distanciamento social.

“Durante esta semana, a Seduc está realizando reuniões junto às Gerências Regionais de Educação para alinhar a organização das rotas, do fluxo, do quantitativo de alunos que usam os ônibus, além do cumprimento dos protocolos para o transporte, a fim de garantir que toda a comunidade escolar esteja protegida neste momento de pandemia. Estamos trabalhando para implementar rotas noturnas para garantir mais segurança para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos, seguindo todos os protocolos pré-estabelecidos”. George de Souza, presidente da Comissão dos Transportes Escolares.

Informações importantes

Confira abaixo alguns procedimentos necessários para o transporte escolar com segurança:

  • – Aferição de temperatura de cada estudante que adentrar o veículo (viagens de ida e volta). Em caso de sintoma gripal ou de febre de 37,5º ou superior, o mesmo não deve usar o transporte. Se forem observados sintomas após a entrada no ônibus, o motorista deve informar a direção da escola (na ida) ou a família (na volta);
  • – Permissão da entrada nos veículos apenas de estudantes com máscara;
  • – Oferecimento de álcool em gel ou sanitizante de efeito similar para higienização das mãos dos estudantes nas viagens de ida e volta;- Indicação de qual assento o estudante deverá ocupar;
  • – Demarcação de distância de 1m (um metro) entre os alunos nas filas de embarque e desembarque de forma a evitar aglomeração;
  • -Escalonamento de horários de chegadas e saídas dos estudantes nas escolas de forma a reduzir a concentração de alunos no local;

O protocolo orienta ainda que os veículos sejam higienizados ao final de cada viagem, com detergente e água sanitária, além de ter dois motoristas em cada ônibus para auxiliar na aplicação de álcool nas mãos dos estudantes, dentre outras atividades.

Foto: Thiago Ataíde