18 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Renan Filho recebe diretores da Fetag e garante máquinas e equipamentos agrícolas

Governador anunciou o fornecimento de quatro tratores, três caminhões-pipa e duas retroescavadeiras

O governador Renan Filho recebeu, na tarde desta segunda-feira (07), no Palácio República dos Palmares, os diretores da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Alagoas (Fetag/AL).

O presidente da entidade, Givaldo Teles, entregou uma pauta de reivindicações ao chefe do Executivo. Este anunciou o fornecimento de quatro tratores, três caminhões-pipa e duas retroescavadeiras em benefício da agricultura familiar, por meio do programa Fortalece Alagoas.

“Hoje o grande gargalo da vida do agricultor familiar é o escoamento da produção e a comercialização dela. A partir do momento que o Governo do Estado nos proporciona, por meio do programa Fortalece Alagoas, máquinas e equipamentos agrícolas, claro que é de fundamental importância para quem está lá no campo, cultivando a terra. Isso vai aumentar a produtividade e a rentabilidade do homem e da mulher do campo”.

O governador avaliou a reunião como muito produtiva.

“Fizemos uma reunião profunda, clara e resolutiva para que a gente encaminhasse algumas soluções para as necessidades que a Fetag apresenta. Foi um encontro muito proveitoso, muito alegre. Aliás, eu tenho uma identidade muito grande com as lideranças do movimento e as cidades que elas representam”. Renan Filho.

Na reunião foram discutidos temas como a regularização e a titulação de terras, e a realização de um mutirão para expedição de documentos aos agricultores e agricultoras familiares de Alagoas.

O encontro entre o govenador e os diretores da Fetag, realizado no Salão de Despachos, foi intermediado pelo prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cezar, que participou da reunião.

“Estamos juntos, unindo todos os esforços para fortalecer as políticas públicas que beneficiam e ajudam a desenvolver ainda mais a agricultura familiar, não só em Palmeira, mas em toda a Alagoas”. Júlio Cezar.