15 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Renan sugere a Guedes cortar R$ 5 bi de emendas e acabar com supersalários

Senador disse a Paulo Guedes que ‘o Brasil merece o direito de viver em paz’

Senador Renan promoveu o encontro de paz entre Paulo Guedes e Rodrigo Maia

Em reunião com o ministro Paulo Guedes, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) sugeriu ao governo o corte de R$ 5 bilhões das emendas parlamentares para 2021, segundo disse em sua conta no Twitter.

Além disso, propôs uma maior tributação dos salários superiores a R$ 50 mil, bem como o fim dos supersalários nos três poderes, conforme projeto já aprovado no Senado, segundo ele. Lembrou que só no Judiciário a economia seria de R$ 10 bilhões/ano.

Renan declarou que como senador cumpriu sua missão institucional, ao promover uma reunião de pacificação entre o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Nessa sua alçada pelos gabinetes palacianos, no atual governo, Renan Calheiros disse que “o Brasil merece o direito de viver em paz”.

Depois de tudo, o senador veio a Alagoas para participar do processo eleitoral. Mas, longe de ser tolo,  deixou avisado as demais autoridades planaltinas:

Estou indo para Alagoas e à disposição para novas contribuições.

É a velha história do vácuo que se abre na política. Quem conhece o meio não permite.

Renan, então, virou conselheiro mor de Paulo Guedes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.