13 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Risco de deslizamento de barreira e rompimento de tubulação leva Casal a desativar Sistema Carangueja

Adutora que passa pelo bairro Maçonaria, em Palmeira dos Índios, pode ser rompida em caso de deslizamento de terra causado pelas chuvas, por isso, sistema foi desativado como medida de segurança

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que, na noite desta quinta-feira (4), desativou temporariamente o Sistema Carangueja, que abastece a cidade de Palmeira dos Índios.

A medida foi tomada porque, em virtude das fortes chuvas dos últimos dias, a adutora que passa pelo bairro Maçonaria corre o risco de ser rompida em caso de deslizamento de terra. Por isso, a desativação do sistema ocorreu como medida de segurança para a população que mora na localidade.

Técnicos da Unidade de Negócio Serrana, da Casal, acionaram a Defesa Civil Municipal de Palmeira dos Índios, que está analisando a situação para tomar as medidas cabíveis. Tão logo haja segurança operacional e para os moradores, o Sistema Carangueja será reativado.

A adutora que passa pelo bairro Maçonaria é uma tubulação com 300 milímetros de diâmetro e conduz água bruta da barragem Carangueja, situada em Quebrangulo, para a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Palmeira dos Índios, onde passa por tratamento antes de ser distribuída à população.

Enquanto durar a paralisação operacional desse sistema, a cidade segue com abastecimento apenas pelo Sistema Caçamba. Assim, pode haver deficiência no fornecimento de água para alguns bairros, que passarão a ser atendidos por meio de rodízio. Para outras informações, a Casal disponibiliza aos moradores o Call Center 0800 082 0195.