26 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

São Paulo receberá 5 milhões de doses de vacina em outubro

Governo paulista garantiu a importação de 46 milhões de doses até dezembro

O Instituto Butantan, em São Paulo, vai receber as primeiras 5 milhões de doses da Coronavac, imunização chinesa contra a Covid-19, nos próximos dias.

A vacina, produzida pelo laboratório Sinovac, está na fase 3 de testes, a última necessária antes de sua aprovação, mas o governo paulista garantiu a importação de 46 milhões de doses até dezembro, na expectativa de que a vacina funcione.

Cerca de 9 mil pessoas no Brasil participaram como voluntários na fase 3 de testes. Os resultados devem ser conhecidos em outubro.

“Os testes continuam com os médicos e enfermeiros voluntários em seis estados e, em breve, se tudo correr como planejado, poderemos imunizar milhões de brasileiros. Vacina simboliza a esperança, a certeza de que tudo isso vai passar”. João Doria, governador de São Paulo.

Os detalhes do acordo do governo estadual com a Sinovac, laboratório chinês que desenvolve a vacina em parceria com o Butantan, são sigilosos.

Se a vacina for aprovada nos testes clínicos que estão em curso atualmente, sua produção em solo nacional será feita em uma fábrica que o governo estadual pretende adaptar.

Em caso de aprovação, o governo de São Paulo espera vacinar a população ainda em 2020. Até o momento, nenhuma vacina teve resultados conclusivos, e nenhum medicamento teve eficácia comprovada contra o novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.