25 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Sefaz flagra mais de R$ 480 mil em mercadorias irregulares no comércio de Maceió

Operação teve foco em empresas varejistas que comercializam material importado

Auditores fiscais da Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) realizaram, nessa quarta-feira (16), uma operação para garantir a regularidade tributária no comércio do município de Maceió. A ação teve o apoio da Polícia Militar e ênfase em empresas varejistas que comercializam material importado.

A ação ostensiva de fiscalização foi composta por dez servidores fazendários e quatro policiais militares, sendo coordenada pela Gerência de Fiscalização de Operações em Trânsito (Geot), por meio da Central de Operações Estratégicas de Fiscalização Interna (Coefi) da Sefaz-AL.

Ao analisar as operações de entradas e saídas de mercadorias através das respectivas emissões de notas fiscais, bem como averiguação do estoque, foram constatadas quatro empresas do setor com irregularidades: R$ 481.250,00 em produtos sem documentação fiscal, que geraram R$ 112.600,00 em impostos e multas recolhidos aos cofres públicos.

O superintendente Especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy, ressalta o compromisso do Estado em combater a concorrência desleal, assegurando recursos para serem aplicados em Alagoas. O Fisco alagoano permanece com todas as suas frentes de ações e os postos fiscais continuam 24h por dia, sete dias na semana.

“As atividades de fiscalização são rotineiras, com o intuito de evitar a sonegação fiscal, assegurando recursos para serem aplicados no Estado de Alagoas. A Sefaz é uma defensora dos bons contribuintes alagoanos, que cumprem com suas obrigações tributárias e acessórias. Postos fiscais, volantes, auditorias e malhas, todas as armas do Fisco em defesa do comerciante alagoano”, conclui