18 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Sem estar olhando pro espelho, Bolsonaro diz que Lula quer acabar com CLT, 13º, férias, FGTS e hora extra

Presidente disse que o petista pretende adotar o modelo econômico da China

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (29) que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pretende adotar o modelo econômico da China e, para isso, seria necessário acabar com direitos trabalhistas. A declaração foi dada em evento para anúncio de obras em Roraima.

Bolsonaro disse ter visto um vídeo em que Lula teria sugerido a necessidade de o Brasil usar a China como exemplo de economia. O presidente, no entanto, disse que para espelhar a economia chinesa é necessário acabar com a CLT, 13° salário, férias e horas extras.

“Agora há pouco, assisti um vídeo do ex-presidente Lula dizendo que o modelo econômico da China é o que deve ser imposto no Brasil. Obviamente, o primeiro passo que deveria ser feito aqui no Brasil, se esse cara viesse a ocupar a presidência, para seguir o modelo chinês, seria acabar a CLT, seria acabar com 13°, acabar com as férias, acabar com o fundo de garantia, acabar com as horas extras”. Jair Bolsonaro.

Não se sabe de onde Bolsonaro inventou esse vídeo de Lula. E também deve ter ignorado que todos estes direitos foram retirados, em parte pelo próprio Bolsonaro. Vide sua Carteira de Trabalho Verde Amarela, além de diversas reformas trabalhistas debilitantes ao trabalhador.