4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Senadores pedem convocação de Carlos Bolsonaro para depor na CPI

Vereador no RJ, filho do presidente foi acusado de formar Ministério da Saúde paralelo durante nessa pandemia

Carlos Bolsonaro pode ser convocado para depor na CPI da pandemia

Os senadores Humberto Costa (PT-PE) e Rogério Carvalho (PT-SE) protocolaram, nesta segunda-feira, 17, novo pedido de convocação do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) para depor na CPI do Genocídio.

O objetivo é apurar a formação de um “Ministério da Saúde paralelo”, que estaria aconselhando Jair Bolsonaro nos rumos do combate à pandemia do coronavírus.

Conforme o requerimento dos parlamentares, “é preciso esclarecer qual é o papel do citado vereador na elaboração da estratégia do governo federal no enfrentamento da pandemia”.

O nome do filho do presidente foi mencionado nos depoimentos do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e do gerente-geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo.

Mandetta disse que havia o funcionamento de uma espécie de comissão de aconselhamento paralelo, da qual ele não fazia parte.

“Eu, por exemplo, testemunhei várias vezes reunião de ministros onde o filho do presidente, que é vereador no Rio de Janeiro, estava sentado atrás tomando as notas da reunião. Eles tinham constantemente reuniões com esses grupos dentro da presidência”, declarou.