27 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Policia

SSP cumpre 36 mandados contra grupos de tráfico de drogas em Palmeira dos Índios

Foram expedidos 19 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão

A Secretaria de Estado da Segurança Pública coordenou, neta terça-feira (05), uma operação integrada entre as Polícias Civil e Militar com objetivo de desarticular duas organizações criminosas envolvidas com o tráfico de drogas. Ao todo, serão cumpridos 36 mandados entre de prisão e de busca e apreensão em Maceió e Palmeira dos Índios.

A operação é coordenada pelo secretário da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, pelo delegado Gustavo Xavier, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), pelo delegado Mário Jorge, diretor do GPJ-3, pelo comandante do CPI, tenente-coronel Moura, pelo Comandante do CPAI-2, tenente-coronel Azevedo, e pelo comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Nilton Rocha.

A Operação foi denominada de Sem Fronteiras e investiga a atuação das organizações criminosas no tráfico de drogas em Palmeira dos Índios. As investigações foram realizadas pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), da Polícia Civil, em parceria com o 10º Batalhão da Polícia Militar.

Com base nas provas técnicas produzidas, a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 19 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão, que serão cumpridos em Palmeira dos índios nos bairros Alto do Cruzeiro, Tenório Cavalcante, Centro, São Francisco e Vila João XXIII. Já em Maceió, os mandados serão cumpridos no bairro do Clima Bom.

Efetivo participante

Para o cumprimento dos mandados durante a operação integrada foram empregados policiais do 10º Batalhão, da Companhia de Operações Especiais do Sertão (COPES), do 4º Batalhão, Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV), além de agentes da DEIC, da 5ª Delegacia Regional de Palmeira dos Índios e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O Grupamento Aéreo da SSP também participa da operação.

A população é grande parceira das forças de segurança no combate ao crime em Alagoas e pode contribuir com o trabalho das polícias realizando denúncias sobre homicídios, tráfico de drogas, roubos, organizações criminosas e outros crimes por meio do Disque Denúncia. As informações podem ser repassadas, de forma anônima e gratuita, por meio de ligações para o 181.