22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Policia

SSP e Gaeco desarticulam organizações de tráfico e roubos no Sertão de AL

São sete mandados de busca e apreensão pela operação Gold e outros seis pela operação Arapuca

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e o Ministério Público do Estado (MPE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e a Promotoria de Justiça de Maravilha, coordenam duas operações integradas, deflagradas nesta quarta-feira (20).

As operações Gold e Arapuca cumprem 13 mandados de busca e apreensão nos municípios de Maravilha e Ouro Branco, no Sertão do estado.

As investigações foram realizadas pelo Gaeco e pela Promotoria de Justiça do município de Maravilha em parceria com o 7º Batalhão da Polícia Militar e visam desarticular duas organizações criminosas que vinham praticando tráfico de drogas, roubo a residências e comércio ilegal de arma de fogo na região.

Com base nas provas técnicas apresentadas, o Gaeco realizou a representação dos mandados, que foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Serão cumpridos sete mandados de busca e apreensão pela operação Gold e outros seis pela operação Arapuca.

A operação Arapuca ganhou este nome em alusão à armadilha feita de madeira destinada a capturar aves e pequenos animais. O município de Maravilha vinha sofrendo com uma série de roubos a residência e diante desta situação, as forças policiais buscam uma armadilha para capturar os criminosos.

Já a Operação Gold ganhou este nome em referência ao nome do município de Ouro Branco, onde serão cumpridos os mandados. No inglês, o termo gold significa ouro.

Efetivo participante

Para dar cumprimento aos mandados judiciais expedidos para as duas operações, foram empregados policiais militares do 7º e 9º Batalhões e da Companhia de Operações Especiais do Sertão (Copes/Caatinga). O Grupamento Aéreo da SSP também participa dando suporte aéreo às operações.