26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Suplente de Renan, Rafael Tenório assume como senador por 120 dias

Empresário e ex-presidente do CSA defendeu o combate das desigualdades e da fome no país

Empresário e ex-presidente do CSA, Rafael Tenório (MDB-AL) tomou posse, nesta quinta-feira (2), como senador por Alagoas. Ele assumiu a cadeira em razão do pedido de licença do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que ficará afastado da função por 120 dias.

Em seu primeiro discurso, Tenório assumiu o compromisso de trabalhar pelo desenvolvimento econômico de Alagoas e defendeu o combate das desigualdades e da fome no país.

De acordo com o novo senador, Alagoas possui um modelo de desenvolvimento econômico alicerçado em três pilares estratégicos: infraestrutura logística, energética e no seu modelo hídrico.

Ele disse que pretende apoiar projetos voltados a essas áreas para ampliar a produção no estado, gerando também mais emprego e renda.

Como exemplo, Tenório citou a continuidade das obras do Canal do Sertão. Segundo ele, a obra é considerada a maior e a mais moderna infraestrutura hídrica do estado e tem o objetivo de atender a população do semiárido alagoano, beneficiando 42 municípios.

Tenório afirmou ainda que vai atuar a favor de iniciativas que busquem a redução de desigualdades e da pobreza no país e em Alagoas e declarou seu apoio à obras, como a duplicação de corredores de transporte, a recuperação da malha rodoviária e a implantação de aeroportos regionais.

Senadores

Os senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Carlos Portinho (PL-RJ) e Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), este último na condição de presidente da Casa durante a posse de Tenório, deram boas vindas e se colocaram à disposição para colaborar com os trabalhados do novo senador.

“Se o senhor fizer 20% do que o senhor fez lá no CSA, fazendo o time ascender, ganhar projeção nacional, com profissionalismo, com gestão, se o senhor fizer isso neste mandato, o senhor vai chegar fazendo um golaço aqui”, disse Girão.