20 de setembro de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: dívidas

Filho de R.R. Soares, deputado presenteia o pai com perdão de R$ 37 milhões

Filho de R.R. Soares, deputado presenteia o pai com perdão de R$ 37 milhões

Blog, Brasil, Marcelo Firmino
O deputado federal David Soares (DEM-SP) é filho do Pastor da Igreja Internacional da Graça, R.R. Soares. A eleição de deputado foi um presente que ele ganhou do pai  com a ajuda dos fiéis da igreja. Agora, David retribui o mimo com juros e correção monetária, a partir do plenário da Câmara. É dele a emenda que dá perdão tributário as igrejas - a emenda foi parcialmente vetada. Na forma, a emenda estabelece que toda dívida CNPJ da Igreja com a União,  vinculada a contribuições previdenciárias,  deixarão definitivamente de ser cobradas desde ontem, segunda-feira, 14. No caso da igreja do Pastor R.R, Soares, a dívida a ser perdoada, já descontado o veto para artigos da Receita Federal, é de R$ 37,8 milhões. Vamos e venhamos é um negócio da China do deputado para papai. O d
Pastores que apoiam Bolsonaro devem R$ 460 milhões ao governo

Pastores que apoiam Bolsonaro devem R$ 460 milhões ao governo

Blog, Marcelo Firmino
As igrejas evangélicas dos pastores Edir Macedo, Waldemiro Santiago, Silas Malafaia, RR Soares, Samuel Bravo, Estevam Hernandes, entre outros menos cotados, devem aos cofres do governo federal R$ 194 milhões. São débitos previdenciários e da Receita Federal Embora, atualmente no País, igrejas acumulam dívidas milionárias com a Receita Federal. De acordo com apuração da Agência Pública, no final de 2019 as dívidas de 1.200 igrejas somavam R$ 460 milhões. Eis que no início deste mês os pastores estiveram reunidos com o presidente Jair Bolsonaro, no Planalto, e insistiram pelo perdão da dívida. Mas, não ficou só nisso. Os pastores saíram do palácio com um mimo vantajoso. Eles receberam mais de R$ 30 milhões da Secretaria de Comunicação da Presidência da República. O dinhei
Importante: Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Importante: Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Economia
Começa nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país. Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban. A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituiç
Sefaz lança Programa de Recuperação Fiscal 2019 para débitos de ICMS

Sefaz lança Programa de Recuperação Fiscal 2019 para débitos de ICMS

Alagoas
A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) dará início a mais um Programa de Recuperação Fiscal (PROFIS). O decreto, que institui o programa 2019, foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (25) e tem como objetivo a extinção de créditos tributários do ICM/ICMS com redução de multas e juros, inclusive mediante parcelamento, nos termos do convênio ICMS 169, de 23 de novembro de 2017. A adesão ao programa começa no próximo dia 2 de dezembro. Os contribuintes terão a oportunidade de sanar pendências relacionadas ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com condições especiais. Conforme o decreto, o débito fiscal consolidado poderá ser pago em prestação única, com redução de 80% das multas e 30% dos juros; até 30 parcelas mensais
Caixa retomou 8% dos imóveis em Alagoas nos últimos dois meses

Caixa retomou 8% dos imóveis em Alagoas nos últimos dois meses

Economia
De acordo com dados da Caixa Econômica Federal, dentre os processos de execução habitacional, iniciados em Alagoas pela instituição nos últimos dois meses, 8% resultaram na efetiva retomada do imóvel. Dados por região não foram divulgados. A Caixa explica através de assessoria agir "proativamente na comunicação aos clientes e na busca pela negociação e renegociação dos débitos". Tudo é inciado quando se identifica a dificuldade de pagamento, oferecendo a alternativa negocial mais adequada para cada situação. Até o momento que o imóvel é tomado. Mesmo após a consolidação da propriedade em seu favor, antes da realização dos leilões, a Caixa garante que o cliente ainda pode exercer o "direito de preferência", podendo quitar suas dívidas de última hora, mesmo nas situações onde o process