5 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: HGE

Monstruosidade, irresponsabilidade e descaso no assassinato de Ben Donson

Monstruosidade, irresponsabilidade e descaso no assassinato de Ben Donson

Política
A monstruosidade tomou conta desses tempos e a sociedade passou a banalizar tudo, inclusive a morte, por que ninguém está preocupado com os interesses da coletividade. Apenas com o seu próprio eu. Morrem 600 mil brasileiros que foram atacados por um vírus - e muito mais - e grande parte das pessoas não demonstram nem um tipo de sentimento com o fato, tal como uma boiada no pasto, alheia ao redor. Mas, para que não fiquemos falando de virus, Covid, ou qualquer coisa assim, vamos de Uber. A invenção empreendedora do mercado neoliberal para jovens desempregados. Ou o novo emprego para os jovens, depois da falada, votada - e pouco assimilada pela maioria - reforma trabalhista. E Uber, aqui em Maceió, também nos remete a monstruosidade. É isso. Um jovem desse aplicativo, Ben Don
HGE agiliza a identificação de potenciais doadores para reduzir a fila por transplante

HGE agiliza a identificação de potenciais doadores para reduzir a fila por transplante

Alagoas
Domingo (27) é Dia Nacional da Doação de Órgãos. A data visa conscientizar a sociedade sobre a importância da doação e, ao mesmo tempo, fazer com que as pessoas conversem com seus familiares e amigos sobre o assunto. Em Alagoas, a maioria dos doadores são provenientes do Hospital Geral do Estado (HGE), conforme autorização da família do doente, como exige a legislação nacional. Segundo a Central de Transplantes de Alagoas, mais de 40 mil brasileiros estão na fila pelo transplante. Em Alagoas, 234 pessoas aguardam pela doação de córnea, 141 pelo transplante de rim e dois cidadãos esperam por um novo coração. Mas, o que tem dificultado tanto o trabalho da Organização de Procura de Órgãos (OPO)? Além da possibilidade de incompatibilidade, ainda existem familiares que não aceitam
HGE atendeu mais de 53 mil pessoas no primeiro semestre de 2020

HGE atendeu mais de 53 mil pessoas no primeiro semestre de 2020

Alagoas
No primeiro semestre deste ano o Hospital Geral do Estado (HGE) assistiu 53.484 pessoas, sendo 37.557 envolvendo casos clínicos e 1.006 em outros casos. Os acidentes continuam sendo a segunda causa para assistência médica: 13.334, sendo 9.307 casuais, 3.389 de trânsito e 638 de trabalho. E mesmo em meio a uma pandemia, a maior unidade de urgência e emergência de Alagoas continua funcionando normalmente e assegurando seu principal objetivo: salvar vidas. Os casos clínicos representaram pouco mais de 70% da demanda. Para o gerente do HGE, Paulo Teixeira, tais indicadores demonstram a atuação ininterrupta das equipes de profissionais da saúde e expõem a força e qualidade assistencial que os alagoanos podem contar. Entretanto, ele também alerta que o quantitativo de acidentes pode
É mentira que hospitais registram indiscriminadamente vítimas de acidentes como casos de Covid-19

É mentira que hospitais registram indiscriminadamente vítimas de acidentes como casos de Covid-19

Alagoas
Em grupos de WhatsApp de Alagoas circulam vídeos e mensagens afirmando que pessoas falecidas em decorrência de acidentes ou outras doenças estariam sendo registradas, na certidão de óbito, como casos suspeitos de Covid-19, o que estaria trazendo problemas aos familiares para a realização dos funerais. Na verdade, mesmo pacientes que deram entrada nos hospitais por outras causas podem vir a apresentar sintomas do coronavírus ao longo do tratamento. Nesses casos, serão seguidos todos os protocolos para casos suspeitos da infecção. “Minha irmã teve um acidente, teve um traumatismo craniano e outras coisas a mais. Só que saindo do HGE eles colocaram como suspeita do Coronavírus. Sem poder abrir o caixão porque eles não permitem. [...] Eu tenho convicção e a família tem convicção de que
Cuidado: Não ignore doenças do coração em meio à pandemia de Covid-19

Cuidado: Não ignore doenças do coração em meio à pandemia de Covid-19

Alagoas
O controle dos fatores de risco aliado à atividade física, alimentação balanceada e consulta regular são algumas das orientações dos cardiologistas para diminuir os riscos cardiovasculares. Mas o que fazer em meio a uma pandemia, alguma recomendação precisa ser alterada? O médico cardiologista do Hospital Geral do Estado (HGE), Alex Barros, orienta que os mesmos cuidados adotados anteriormente devem ser seguidos, uma vez que as doenças cardiovasculares estão entre as patologias que mais matam e que os pacientes cardiopatas podem desencadear uma maior gravidade no caso de contraírem a Covid-19. “Fatores de risco, como tabagismo, hipertensão arterial, diabetes mellitus e obesidade, podem gerar algum problema cardiovascular. O acompanhamento médico regular, mesmo em meio à pandemia, t
Perguntas e respostas: Veja quando procurar a Central de Triagem do Ginásio do Sesi

Perguntas e respostas: Veja quando procurar a Central de Triagem do Ginásio do Sesi

Alagoas
A Unidade de Urgência para Síndromes Gripais, também conhecida como Central de Triagem do Ginásio do Sesi, foi criada para direcionar o fluxo de pessoas que chegam ao Hospital Geral do Estado (HGE) com sintomas de gripe para um espaço separado, a fim de evitar uma possível contaminação de pacientes e profissionais do HGE por Covid-19. Aberta 24 horas, todos os dias da semana, a Central oferece avaliação médica e realiza o teste rápido para Covid-19 nas pessoas que já apresentam os sintomas da doença há, pelo menos, sete dias. O teste rápido só pode ser aplicado a partir do 7º dia de sintomas porque ele verifica se o organismo já produziu anticorpos contra a doença. Desta forma, a Central de Triagem não é uma central de testagem e, portanto, não é recomendado que pessoas com si
Central de Triagem do HGE atende mais de 2,5 mil pessoas em 13 dias no SESI

Central de Triagem do HGE atende mais de 2,5 mil pessoas em 13 dias no SESI

Alagoas
A Unidade de Urgência para Síndromes Gripais do Hospital Geral do Estado (HGE), localizada no Ginásio do Sesi, em Maceió, assistiu 2.569 pessoas até o último domingo (26). Dos sintomáticos, 1.138 foram submetidos aos testes rápidos para Covid-19, com a confirmação de 22 positivos. A enfermeira Maryana Costa explicou que o teste rápido é indicado para pessoas que apresentam sintomas gripais há pelo menos sete dias. “Não adianta vir até a unidade porque mora em um bairro com muitos casos confirmados, ou por trabalhar na área da saúde, ou, ainda, por ter convivido com alguém que deu positivo. É necessário apresentar os sintomas gripais característicos: tosse, febre, cansaço e dificuldade para respirar há pelo menos sete dias”. Maryana Costa, enfermeira. Ela explicou que este tempo es
HGE reduz número de acompanhantes e visitantes

HGE reduz número de acompanhantes e visitantes

Alagoas
A Gerência do Hospital Geral do Estado (HGE), por meio da Portaria 6/2020, estabeleceu medidas de prevenção ao novo coronavírus, entre elas a redução do número de visitantes e acompanhantes dos pacientes. As mudanças passam a vigorar a partir desta quinta-feira (19) e permanecerão por tempo indeterminado. A Portaria estabelece que será mantido o acesso de acompanhantes dentro dos critérios legais, nos casos de pacientes menores de 16 anos ou acima de 60 anos. Além disso, a troca de acompanhantes ocorrerá em apenas um período, das 7h às 11h da manhã. Já o acesso de visitantes ao HGE será mantido da seguinte forma: em setores como a Unidade de Acidente Vascular Cerebral (UAVC), Unidade de Dor Torácica (UDT) e enfermarias em que os pacientes estejam sem direito aos acompanhantes de