24 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: meio ambiente

Ruralistas frustrados: Senado não votará MP do Código Florestal

Ruralistas frustrados: Senado não votará MP do Código Florestal

Política
Tanto abusaram da sorte, que os ambientalistas perderão decreto do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Curiosamente contrário à sua pasta, Salles propôs alterações profundas no Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), aumentando o poder do governo federal e retirando entidades como o ICMBio. Essa medida provisória, 867, conseguiu até uma vitória na votação na Câmara dos Deputados, flexibiliza ainda mais partes do Código Florestal. Só que houve tantas mudanças, tão perto de sua validade chegar, que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que não votará a medida provisória 867. Abuso do Código Florestal Em votação capitaneada pela bancada ruralista, a Câmara aprovou por 243 a 19 votos a MP que, na prática, amplia o período no qual o desmatamento nã
Ministério do Meio Ambiente zera verba para mudanças climáticas

Ministério do Meio Ambiente zera verba para mudanças climáticas

Política
O Ministério do Meio Ambiente praticamente eliminou o orçamento para implementar políticas sobre mudanças climáticas no Brasil. A pasta realizou um bloqueio de 95% dos R$ 11,8 milhões do programa. Esta é a principal medida que bate com a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de retirar o país do Acordo de Paris, que estabelece metas para limitar o aquecimento global. Bolsonaro havia desistido da saída imediata,  mas a política é a mais atingida da pasta, que sofreu um corte total de R$ 187,4 milhões imposto pela equipe econômica. O montante equivale a 22,7% do valor total do orçamento não obrigatório do Ministério do Meio Ambiente, de cerca de R$ 825 milhões. Revista Science A confirmação dos valores dos cortes ocorre em meio à divulgação de relatório da ONU segundo o qua
Ação Rede Limpa vistoria bares e restaurantes na Jatiúca

Ação Rede Limpa vistoria bares e restaurantes na Jatiúca

Maceió
Equipes da Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, e da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) iniciaram, nesta terça-feira (23), uma inspeção nas caixas de gordura de bares e restaurantes. A ação é uma segunda etapa da Operação Rede Limpa e tem como finalidade orientar os empresários sobre as adequações necessárias a respeito do dimensionamento e limpeza destes equipamentos. As vistorias começaram pelos pontos comerciais das Ruas Edith B. Nogueira e Paulo B. Nogueira, na Jatiúca, e vão se estender pelo perímetro entre as Avenidas Álvaro Calheiros e Dr. Antônio Gomes de Barros. A localização foi escolhida pela grande concentração de empresas de alimentação e onde há prejuízos na rede de esgoto da Casal, já que a gordura
Presidente do Ibama pede exoneração após críticas de ministro e Bolsonaro

Presidente do Ibama pede exoneração após críticas de ministro e Bolsonaro

Brasil, Política
Menos de um dia após, nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, questionarem o valor do contrato para aluguel de veículos no Ibama, a presidente do órgão, Suely Araújo, pediu exoneração do cargo nesta segunda-feira (7). Ela já aguardava ser substituída pelo indicado por Bolsonaro, o procurador da União Eduardo Fortunato Bim, mas antecipou a saída. Ubanista, advogada e cientista política, ela foi nomeada em 2016 pelo presidente Michel Temer e em uma longa carreira ligada ao tema ambiental, tendo sido consultora legislativa na Câmara dos Deputados desde 1991. Ela ficou indignada com as postagens deste domingo, antes que pudesse explicasse o valor do contrato, de R$ 28,7 milhões. Quase 30 milhões de reais em aluguel de carros, só pa
Condenado na justiça diz que vai assumir o Ministério em janeiro

Condenado na justiça diz que vai assumir o Ministério em janeiro

Brasil, Justiça
O futuro ministro do meio ambiente do Brasil, Ricardo Salles, disse nesta sexta-feira (21) que assumirá o cargo em 1º de janeiro, apesar de na quarta um juiz ter ordenado a suspensão de seus direitos políticos condenando-o por um crime de improbidade administrativa quando estava no governo do estado de São Paulo. Em entrevista à rádio Jovem Pan, Salles, que já anunciou que vai recorrer da sentença, assegurou que o presidente eleito Jair Bolsonaro o manterá no cargo. O futuro presidente, que baseou sua campanha na luta contra a corrupção, reiterou em várias ocasiões que retirará de seu ambiente aqueles que provaram fatos de corrupção contra ele. "O presidente [eleito] entendeu que esse processo e a decisão são muito mais um combate político-ideológico contra a postura que eu