27 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: Miséria

Dos estilosos aos ‘invisíveis’ das calçadas, o novo tom da brasilidade

Dos estilosos aos ‘invisíveis’ das calçadas, o novo tom da brasilidade

Blog, Marcelo Firmino
Enquanto a elite passa estilosa pelas ruas e calçadas da Ponta Verde, em Maceió, o contraste do flagelo segue ignorado aos olhos nus da "brasilidade" atual. As cenas degradantes são vistas também no País inteiro, que acolheu o discurso aberrante das desigualdades, onde os desassistidos, entregues à própria sorte e ao descaso, com o fim das políticas públicas, são vistos também em cada ponto de lixo disputando restos de comida. A fome lacra e cancela essa gente triste de uma realidade bem brasileira dos dias atuais. Mais lamentável é que a situação tende a piorar com o crescente número da miséria, com a alta dos preços na inflação galopante a corroer os salários do trabalhador das classes menos abastadas. E só piora mesmo quando pesquisas revelam que há 20 milhões de brasile
No País do ‘conservadorismo emburrecido’ a miséria e a fome estão aos olhos

No País do ‘conservadorismo emburrecido’ a miséria e a fome estão aos olhos

Blog, Marcelo Firmino, Política
No País do neoliberalismo impiedoso, do conservadorismo emburrecido e do flanar da ignorância, os ricos vão ficando cada vez mais ricos e a maioria vai sendo largada pelas sarjetas, amargando à vida na condição de miserável. Assim tem sido o cenário nas principais cidades brasileiras, ante a uma onda de retrocessos que colocou mais de 14 milhões no desemprego e dois milhões de famílias abandonadas na miserabilidade instituída, nos últimos dois anos. Que modelo econômico é esse que privilegia os senhores vestais e "feudais" do mercado financeiro e larga sua gente à própria sorte pelas ruas, sinais de trânsito e calçadas? A miséria extrema está aí aos olhos vistos, sem que haja a menor sensibilidade dos poderosos para minimizar o drama de um povo vítima da ganância de uma elite
Centrão humilha Paulo Guedes e coloca governo na farra com R$ 125 bilhões

Centrão humilha Paulo Guedes e coloca governo na farra com R$ 125 bilhões

Blog, Marcelo Firmino, Política
Sabe aquela história das pedaladas fiscais que eram proibidas para o Presidente da República e por isso houve o impeachment de Dilma Roussef?  Pois elas agora não são mais problemas. A Câmara dos Deputados aprovou o orçamento da União para 2021, após os erros grosseiros cometidos pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, hoje já apontado pelos próprios parlamentares como o maior engodo que já se viu no comando da politica econômica nacional. Graças as trapalhadas dele e sua equipe, os deputados do Centrão, liderados pelo alagoano Arthur Lira (PP), simplesmente criaram um orçamento paralelo que lhes garante gastar cerca de R$ 125 bilhões, totalmente fora das regras fiscais que antes existiam. Guedes, sedento pelo poder, calou-se, quando antes reclamava que o Orçamento era "inexequív
Januária na janela vê passar a boiada da reforma da previdência e da autonomia do BC

Januária na janela vê passar a boiada da reforma da previdência e da autonomia do BC

Blog, Marcelo Firmino
Sem noção pela absoluta ignorância, grande parte da população brasileira vai assistindo a " boiada" passar, feito Januária na janela. Se deu isso exatamente na reforma da previdência, apesar dos alertas que foram muitos. Hoje, com a triste "reforma" o trabalhador não se aposenta com menos de 70 anos de idade. Mas, diga-se, essa regra não vale para os militares de altas patentes, nem para os magistrados, pois esses não foram inseridos no pacote da reforma bolsonariana. Assim, os brasileiros vão comprando gato por lebre, crentes que estão fazendo um grande negócio.  A reforma não melhorou em nada a vida do trabalhador. Pelo contrário. Tirou-lhes direitos. Os benefícios foram para empresários e banqueiros. Estes últimos que hoje administram o dinheiro que o trabalhador descont
Tereza Nelma: reforma menospreza direitos e provoca miséria

Tereza Nelma: reforma menospreza direitos e provoca miséria

Blog, Marcelo Firmino
A deputada federal Tereza Nelma está convencida de que a reforma da previdência proposta pelo governo Bolsonaro vai agravar a situação da população mais vulnerável do País. Ela tem se posicionado contra todos os pontos apresentados pela PEC da Reforma, sobretudo os que revogam os direitos das pessoas com deficiência. Para Tereza, o governo simplesmente menospreza direitos já conquistados anteriormente, com tantas lutas e sacrifícios ao mexer nas regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ou seja, entende, que as alterações no tempo de contribuição e na idade, nos critérios para a aposentadoria por invalidez e a pensão por morte vão colocar muita gente no País em verdadeiro estado de miséria. E questiona: A reforma diz que busca igualdade, mas como debater igualdade em uma