13 de maio de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: Polícia

Guarda Municipal e bancário: Operação contra pornografia infantil realiza prisões em Maceió

Guarda Municipal e bancário: Operação contra pornografia infantil realiza prisões em Maceió

Policia
A 5ª fase da Operação Luz da Infância, deflagrada nesta quarta-feira (04) em 14 estados e no Distrito Federal para combater crimes de abuso e exploração sexual de crianças, realizou pelo menos duas prisões em Alagoas. No estado, policiais civis e federais cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão no Estado, resultando na prisão de um Guarda Municipal e um funcionário de um banco em Maceió. Os mandados foram cumpridos nos bairros do Farol e Cidade Universitária. No momento, uma terceira pessoa é procurada, também acusada de ter envolvimento com o crime. "No Graciliano Ramos nós prendemos um servidor público, um guarda municipal aqui de Maceió. Ele foi preso em flagrante, com um vasto material de pornografia. Ele foi levado para a Central de Flagrantes I". Adriana Gusmão,
Tentativa de assalto a banco termina com 9 mortos em Girau do Ponciano

Tentativa de assalto a banco termina com 9 mortos em Girau do Ponciano

Política
Pelo menos nove pessoas morreram no confronto entre suspeitos de assalto a bancos e polícia, em Girau do Ponciano, no interior de Alagoas. A ação aconteceu nesta segunda (2) e o número de mortos foi confirmado pelo Instituto Médico Legal (IML). O município no Agreste de Alagoas passou por uma intensa ação policial com a busca de suspeitos, da participação de uma tentativa de assalto a uma agência bancária. Os assaltantes foram perseguidos desde a madrugada e vinham do interior de Sergipe. Aproximadamente dez homens foram interceptados por militares do Bope e por agentes da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), em Girau do Ponciano, onde aconteceu a troca de tiros. Cerca de dez criminosos, fortemente armados, preparavam-se para assaltar o banco, quando foram surpre
Agreste de Alagoas: Polícia troca tiros com suspeitos de assalto a banco

Agreste de Alagoas: Polícia troca tiros com suspeitos de assalto a banco

Policia
O município de Girau do Ponciano, no Agreste de Alagoas, passa por uma intensa ação policial no início desta segunda (2), com a busca de suspeitos da participação de uma tentativa de assalto a uma agência bancária. A perseguição começou em Sergipe. Para evitar o crime, a polícia entrou em confronto com assaltantes a banco durante a madrugada. Militares do Bope e agentes da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) trocaram tiros com suspeitos no centro na cidade, após longa perseguição do bando. Cerca de dez criminosos, fortemente armados, preparavam-se para assaltar o banco, quando foram surpreendidos pela polícia, que estava acompanhando de perto o suspeito. O bando então reagiu e teve início o confronto. Como resultado, um número não confirmado conseguiu fugir. Outr
Lesados pela ONG Pata Voluntária já podem buscar ressarcimento das doações

Lesados pela ONG Pata Voluntária já podem buscar ressarcimento das doações

Maceió
As vítimas do suposto golpe  aplicado pela ONG Pata Voluntária já podem procurar o Poder Judiciário para buscar ressarcimento das doações. Segundo o delegado Thiago Prado, o inquérito ainda está em andamento e outras pessoas podem ser presas. O número total de vítimas é incerto. Foi pedido na justiça o bloqueio das contas da ONG. Já os animais estão sob os cuidados de funcionários e veterinários. Prisão Nesta sexta-feira (5), três integrantes da Pata Voluntária foram presas pela suspeitas de estelionato. Elas haviam arrecadado mais de R$ 300 mil com doações voluntárias. A polícia constatou que não houve um assalto ontem na sede do abrigo, como havia sido alardeado pelas presas. Elas fizeram até mesmo um boletim de ocorrência para enganar voluntários a fazerem doações. O núm
Estelionato: Integrantes da Pata Voluntária são presas após R$ 300 mil em doações

Estelionato: Integrantes da Pata Voluntária são presas após R$ 300 mil em doações

Maceió
Três integrantes da ONG Pata Voluntária foram presas pela suspeitas de estelionato. Elas haviam arrecadado mais de R$ 300 mil com doações voluntárias. A prisão aconteceu na tarde desta sexta (5), após a polícia constatar que não houve um assalto ontem na sede do abrigo. As presas confessaram que O trio foi preso no início da tarde de hoje após a polícia constatar que não houve assalto à sede do abrigo na última quinta, como foi denunciado pelas suspeitas: elas haviam registrado um boletim de ocorrência para enganar voluntários a fazerem doações. Segundo a polícia, elas confessaram os crimes e vão responder por estelionato, associação criminosa e comunicação falsa de crime. O dinheiro arrecadado seria utilizado para a construção de um hospital para animais. O intuito era co
Operação prende integrantes de organização criminosa em Maceió

Operação prende integrantes de organização criminosa em Maceió

Maceió
Com o objetivo de desarticular uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas no Conjunto Cleto Marques Luz, no bairro Tabuleiro do Martins, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) deflagrou, juntamente com a Polícia Civil, Polícia Militar e o agrupamento Aéreo nas primeiras horas desta sexta-feira (7), a Operação Adrenalina. A operação é resultado de seis meses de investigação do reeducando Silvânio Peixoto da Silva, 43 anos, mais conhecido como “Bigode” ou “Adrenalina”, que dá o nome da operação. Silvânio é fornecedor de drogas da organização criminosa liderada pelo também reeducando Diego Barbosa Pauferro, 27, conhecido como “DG”, que comandava o grupo diretamente do presídio. Foram expedidos 18 mandados de prisão e busca e apreensão. Até o momento, quatro pessoas foram
Mulher que acusa Neymar não teve lesões detectadas em partes íntimas

Mulher que acusa Neymar não teve lesões detectadas em partes íntimas

Brasil
A a modelo Najila Trindade foi encaminhada para exame de corpo de delito depois de registrar boletim de ocorrência por violência sexual contra Neymar, na última sexta-feira (31). O resultado já é de conhecimento da Polícia Civil: o laudo não apontou lesões na genitália da suposta vítima. O único ferimento detectado durante o exame foi em um dedo de Najila. Trecho de 66 segundos do vídeo gravado no quarto do hotel em Paris mostra a modelo agredindo Neymar. Quando questionado em coletiva na Delegacia de Defesa da Mulher, o advogado Danilo Garcia de Andrade não tocou no assunto. Seu defensor justificou que estava tomando ciência do inquérito naquele momento e acrescentou que todas as provas periciais estão incluídas no sigilo que cerca a investigação. O resultado do exame de corp
Operação integrada prende integrantes de organizações criminosas em Maceió

Operação integrada prende integrantes de organizações criminosas em Maceió

Maceió
Com o objetivo de prender integrantes de organizações criminosas e combater o tráfico de drogas em vários bairros da capital, a Secretaria da Segurança Pública de Alagoas (SSP) deflagrou, nas primeiras horas desta terça-feira (28), uma operação integrada. A ação ocorreu nos bairros do Jacintinho, Ponta Grossa, Serraria e Trapiche da Barra e prendeu três pessoas. Além da SSP, a operação foi realizada pela Delegacia de Narcóticos (Dnarc). Para o cumprimento dos mandados a ação contou com apoio do grupamento aéreo e do Comando de Policiamento da Capital (CPC), através do Batalhões de Operações Especiais (Bope), Radiopatrulha (BPRp), de Trânsito (BPTran) e 1° BPM. A Dnarc representou os mandados de busca domiciliar e de prisão, que foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital
Assaí era fachada: Polícia prende 8 suspeitos de agiotagem em Maceió

Assaí era fachada: Polícia prende 8 suspeitos de agiotagem em Maceió

Maceió
Oito pessoas foram presas em operação da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), que na Operação Assaí cumpriu em Maceió 17 mandados expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. A investigação de um estabelecimento comercial, que vendia assaí na Ponta Grossa, de acordo com o delegado Thiago Prado, já levava 4 meses. Eles observaram uma grande movimentação em dinheiro no local, onde mais de 500 cartões clonados foram apreendidos, além de duas armas de fogo e munições. O líder do bando e dono do estabelecimento foi preso. Todos são suspeitos de estelionato, agiotagem, organização criminosa, que ainda contava com a ação de colombianos, e lavagem de dinheiro. As prisões ocorreram em bairros das partes alta e baixa da cidade. "As pessoas pegavam dinheiro emprestado com o