4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

“Tempos Estranhos”: Marco Aurélio é outro do STF a comentar vídeo de Bolsonaro

Deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro, disse que basta “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), classificou de “muito ruim” o conteúdo de um vídeo, que circula nas redes, no qual o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), diz que basta “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo.

Para o magistrado, são “tempos estranhos” e o conteúdo da declaração denota que “não se tem respeito pelas instituições pátrias”. Infelizmente, o ministro complementou dizendo “vamos ver onde é que vamos parar”.

Indignado

Decano no Supremo Tribunal Federal, o ministro Celso de Mello considerou “inconsequente e golpista” a  afirmação do deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), de que bastam um soldado e um cabo para fechar o STF.

Disse ainda que o fato de Bolsonaro ter tido uma votação expressiva nas eleições, tendo recebido quase 2 milhões de votos, não legitima “investidas contra a ordem político-jurídica”. O magistrado, que é o decano do STF, enviou a declaração por escrito ao jornal Folha de S. Paulo.