6 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Termina hoje o auxílio emergencial para 48 milhões de brasileiros

Fim do benefício deverá agravar quadro dos excluídos da economia nacional

Cresce o número de pedintes nas ruas do País

Nesta terça-feira, 29, os trabalhadores informais e os desempregados receberão a última parcela do auxílio emergencial pago pelo governo federal, depois de proposta formulada e aprovada no Congresso Nacional. Uma proposta de renovação do auxílio foi feita pelos parlamentares, mas o governo vetou.

A última parcela do auxílio emergencial que já havia sido reduzido de R$ 600 para R$ 300 em meio à pandemia.

Com o fim do pagamento, 48 milhões de brasileiros, na maioria trabalhadores informais ou que perderam seus empregos, ficarão sem o benefício, o que deverá elevar o número de excluídos da economia nacional. Muitos, inclusive, já andam como pedintes nas ruas e esquinas do País.

O fim do auxílio emergencial acontece um dia depois que o país somou 7,5 milhões de contaminados e 191.570 mortos pelo coronavírus.

A pandemia da Covid-19, que teve o primeiro caso registrado oficialmente no Brasil em março, registra sua segunda onda no país, em meio a um aumento de casos e sem perspectivas de imunização da população pela vacina.

O depósito desta terça, para nascidos em dezembro, só estará disponível para saques e transferências a partir de 27 de janeiro.