20 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

TJ do Rio pode anular provas da primeira instância contra Flávio Bolsonaro

Juiz da primeira instância questiona: ‘Não sei por que eles têm tanto medo de mim’?

Flávio Bolsonaro, agora feliz com a decisão do TJ do Rio de Janeiro

Depois de 10 tentativas na justiça para anular o processo da ‘rachadinha’ contra ele, o senador Flávio Bolsonaro consegue, enfim, apoio no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que retirou o caso da primeira instância e subiu para a segunda instância, onde as provas contra ele poderão ser anuladas.

O caso é relativo às investigações do Ministério Público do Rio que apura esquema conhecido como ‘rachadinha’, de desvio dos salários de servidores na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), sendo que no caso do filho do presidente tem o ex-assessor, Fabrício Queiroz, como figura central e milicianos amigos do senador envolvidos no esquema de corrupção.

A defesa de Flávio Bolsonaro já pediu anulação das provas que haviam sido consideradas pelo juiz da primeira instância, Flávio Itabaiana.  Se acatadas agora pelo Tribunal, além das provas a própria prisão de Fabrício Queiroz será anulada.

A expectativa da defesa do senador é que o TJ do Rio resolva logo a situação, liberando Queiroz da prisão e cassando o mandado de prisão contra mulher dele, Márcia Oliveira que está foragida.

Já o juiz de primeira instância, Flávio Itabaiana disse à imprensa que este foi o maior caso que pegou em seus 25 anos de magistratura que e não sabe a razão por que o tiraram o caso dele. Sabe, no entanto, que por conta desse processo adquiriu várias inimizades na justiça fluminense. Nas páginas de O Globo ele questionou: “Não sei por que eles têm tanto medo de mim”?