25 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Trabalhadores fecham entrada do Porto de Maceió em protesto por aumento de salário

Com a paralisação, além dos caminhões, trabalhadores também foram impedidos de entrar nas dependências

Trabalhadores fecharam, como forma de protesto, a entrada de caminhões no Porto de Maceió, na manha desta quinta-feira (17). Eles reivindicam ajuste salarial, que está pendente de 2020.

Com a paralisação, além dos caminhões, trabalhadores também foram impedidos de entrar nas dependências do Porto. Com isso, muitos caminhões já estão estacionados e ocupando uma das vias de acesso ao local, no bairro de Jaraguá.

Segundo o sindicato, até mesmo a saída de caminhões foi proibida. Com isso, a descarga também não acontece. Tudo para que se chegue em uma solução definitiva para a implantação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), negociação que já dura 10 meses.]

Outro lado

Em nota, o Porto de Maceió informou que o acordo coletivo dos trabalhadores já foi assinado e aprovado no conselho da companhia, aguardando apenas a homologação no Ministério da Economia. Confira na íntegra:

A Administração do Porto de Maceió informa que o acordo coletivo dos trabalhadores já foi assinado e aprovado no conselho da companhia, aguardando apenas a homologação no Ministério da Economia. Inclusive, dentro das cláusulas existentes consta a garantia do pagamento retroativo dos meses em que foi necessário aguardar pela homologação. Ou seja, tudo que estava ao nosso alcance já foi feito. O direito pela luta sindical é legítimo, no entanto, não podemos concordar com o fechamento do Porto de Maceió, prejudicando outros serviços e outras categorias, além do cerceamento do direito de ir e vir.