18 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Últimos dias: pré-aceleradora do SenaiHub vai ajudar 15 empresas de Alagoas

Interessados podem inscrever seus projetos até o próximo dia 17 de outubro

Ação será desenvolvida no Senaihub | Assessoria

O SenaiHub recebe inscrições para o Programa de Pré-Aceleração – Geração do Hoje (GdH – Indústria) até o dia 17 de outubro. O GdH-I tem como foco empreendedores alagoanos que estejam ainda na fase de ideação do seu negócio, ou seja, na fase inicial dos projetos. O objetivo do programa, totalmente gratuito, é transformar boas ideias em negócios inovadores. As inscrições podem ser feitas pelo site www.al.senai.br.

O programa é executado com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti). Na primeira etapa, a pré-aceleradora vai receber 15 projetos de empresas que atuam na cadeia produtiva da indústria.

Serão aceitos projetos relativos ao desenvolvimento de hardware e/ou software, e os aderentes às tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 (Robótica, Simulação, Integração de Sistemas, Internet das Coisas (IOT), Segurança Cibernética, Computação em Nuvem, Manufatura Aditiva, Realidade Virtual e/ou aumentada, Processamento de Imagens, Internet Industrial, Big Data e Analytics), entre outras tecnologias.

Os empreendedores selecionados terão acesso gratuito a um programa criado especialmente para apoiar o desenvolvimento de novos negócios. A metodologia TXM, como foi batizada, abrange desde a definição do propósito da empresa até a prototipagem de produtos e serviços e a avaliação comercial do projeto. O trabalho é executado com mentorias e orientações técnicas em um ambiente físico e com apoio de uma plataforma que estimula o networking e a troca de experiências.

A metodologia TXM já apoiou o desenvolvimento de aproximadamente 500 empresas. Há cinco anos é usada em laboratórios de cocriação em Santa Catarina e desde 2020 ajuda a desenvolver ideias empreendedoras também em Brasília.

“O brasileiro é muito criativo. A metodologia ajuda a organizar essas ideias do empreendedor e transformá-las em um produto, serviço ou empresa viável”, diz Luiz Salomão Ribas Gomez, criador da metodologia TXM.

Gerente executivo de inovação e tecnologia do Senai de Alagoas, Maicon Lacerda diz que o projeto vai mostrar aos empreendedores que a inovação pode ser um diferencial importante para novos negócios ou empresas de menor porte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.