29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Uma chapa renuncia e Mesa-Diretora disciplina uso da tribuna em eleição tampão

Será facultado o prazo máximo de cinco minutos ao candidato a governador, para que discurse da tribuna, visando a apresentação do currículo e justificativa de sua candidatura

Em ato publicado na noite desta sexta-feira, 13, no Diário Oficial Eletrônico do Poder Legislativo, o presidente da Casa, deputado Marcelo Victor, homologou o pedido de renúncia de candidatura de Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira.

Ele fazia a composição da chapa 4, juntamente com Jeová Evaristo da Silva, na disputa aos cargos de governador e vice-governador nas eleições indiretas que ocorre hoje (15), às 13 horas, no plenário da Assembleia.

Com isso, agora são sete chapas que concorrem ao Governo do Estado de Alagoas:

  • Luciano Valdomiro Silva Fontes (governador) e Rogers Tenório dos Santos (vice-governador) – ambos bombeiros militares;
  • Deputado Cabo Bebeto (governador) e o vereador por Maceió, Leonardo Dias (vice-governador);
  • Flávio Henrique Catão Nogueira (governador) – servidor público e Rocielle Almeida Pacheco (vice-governadora) – economista;
  • Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra (governador) – técnico em radiologia e Niedja Santos de Oliveira (vice-governadora) – enfermeira;
  • Deputado Davi Maia (governador), e o vereador por Maceió José Siderlane Araújo de Mendonça (vice-governador);
  • Danubia Karlla da Silva Barbosa (governadora) – socióloga e Arlan Montilares de Oliveira Silva (vice-governador) – cientista político;
  • Deputado Paulo Dantas (governador) e José Wanderley Neto (vice-governador) – médico.

Natural de Maceió, Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira tem 38 anos de idade, é engenheiro civil e residente no município de Chã Preta. Já o seu companheiro de chapa, Jeová Evaristo da Silva, é nasceu na cidade de Branquinha, onde reside. Ele tem 61 anos e atua como instrutor de trânsito.

Uso da tribuna

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor (MDB), publicou no Diário Oficial Eletrônico deste sábado, 14, um ato que dispõe sobre a utilização da tribuna do plenário durante a sessão extraordinária que irá escolher o novo governador e vice.

De acordo com a publicação, será facultado o prazo máximo de cinco minutos ao candidato a governador, para que discurse da tribuna, visando a apresentação do currículo e justificativa de sua candidatura, por ordem de inscrição de chapa.

No transcurso da fala do candidato não haverá interrupções, nem apartes e nem questionamentos de qualquer natureza. As falas também observarão os limites do Regimento Interno do Poder Legislativo, em especial o artigo 99 e seus incisos.