28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Unidade Móvel do Hemoal coleta sangue em Maribondo hoje

A ação vai ocorrer das 8h às 12h e das 13h às 16h ao lado da Caixa Econômica Federal (CEF), no Centro

Além de 16 anos de idade e peso mínimo de 50 quilos, voluntário deve estar usando máscara no momento da doação de sangue

A Unidade Móvel do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) coleta sangue em Maribondo nesta terça-feira (12). A ação vai ocorrer das 8h às 12h e das 13h às 16h ao lado da Caixa Econômica Federal (CEF), no bairro Centro.

Com isso, o Hemoal Arapiraca tem o objetivo de formar um estoque de sangue estratégico para atender a demanda transfusional no feriadão da Páscoa. Isso porque, historicamente, durante este período, o consumo de sangue aumenta em 30% na Rede Hospitalar Pública.

“Para assegurarmos sangue em quantidade suficiente para atender os hospitais durante a Páscoa, estamos realizando coleta externa preventivamente. Com esta medida, facilitamos o acesso da população de Maribondo à prática da doação de sangue”. Aurélia Fernandes, supervisora do Hemoal Arapiraca.

Postos Fixos

Além da coleta externa em Maribondo, os alagoanos podem se candidatar à doação de sangue nos Postos de Coleta do Hemoal Maceió e do Hemoal Arapiraca.

Na capital alagoana, o Posto de Coleta do Trapiche, situado ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE), funciona das 7h às 18h. Já o Posto de Coleta do Farol, no Hospital Veredas, atende das 7h às 17h. Em Arapiraca, o Posto de Coleta funciona das 7h às 12h e das 13h às 16h, no prédio do antigo Empresarial Solution Center, no bairro Eldorado.

Critérios para Doação

Segundo o Ministério da Saúde (MS), para doar sangue é necessário ter no mínimo 16 anos de idade, peso igual ou superior a 50 quilos e apresentar um documento de identificação com foto. Também é obrigatório que o voluntário esteja com boa saúde e usando máscara no momento de se candidatar à doação de sangue.

No caso das mulheres, há impedimento para aquelas que estejam grávidas ou amamentando. A doação de sangue é proibida permanentemente para o voluntário que tenha contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e, após os 11 anos, hepatite. Caso o candidato tenha colocado um piercing ou feito tatuagem, maquiagem definitiva e micropigmentação, a doação de sangue só pode ocorrer após um ano.

Com relação ao voluntário que já é doador habitual, é necessário que a última doação de sangue tenha ocorrido há três meses, no caso das mulheres. No caso dos homens, o intervalo entre a última doação e a nova deve ser de dois meses.

Covid-19

Mas, se o voluntário tiver sido infectado pelo novo coronavírus, há impedimento de doar sangue pelo período de 10 dias, contados após a recuperação. Caso o candidato à doação de sangue teve apenas contato com uma pessoa infectada e, nos sete dias subsequentes, não apresentou sintomas da Covid-19, está liberada a doação de sangue.

Com relação às vacinas contra a Covid-19, o voluntário deve aguardar um intervalo de 48 horas se a vacina recebida foi a CoronaVac. Mas se os imunizantes tenham sido AstraZeneca, Pfizer e Janssen, o intervalo aumenta para sete dias. No caso da vacina contra a contra a Influenza, é necessário esperar um intervalo de dois dias.