28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Cotidiano

Veja como aproveitar o feriado sem colocar a saúde em risco

Abuso de bebidas alcoólicas, a ingestão de alimentos salgados e ricos em gordura, além do risco de causar problemas gastrointestinais, hipertensos e diabéticos estão propensos a sofrer complicações

É necessário aproveitar os feriados e fins de semana com cuidado e prudência para não colocar a saúde em risco

O lazer nos fins de semana e feriados, como o que ocorre nesta quinta-feira (21), em homenagem a Tiradentes, é o que todos querem na folga, não é verdade?

Mas, é importante considerar que esse momento somente termina feliz com o cumprimento de responsabilidades com a própria saúde, como a prudência no trânsito, a preferência por alimentos naturais, o distanciamento de locais e animais nocivos, a proteção contra os raios ultravioletas e, principalmente, a eliminação dos excessos.

No instante das exaltações tudo parece perfeito, mas é possível que o corpo sofra com as consequências. A nutricionista do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, Carolina Braga, toma como exemplo o abuso de bebidas alcoólicas, a ingestão de alimentos salgados e ricos em gordura.

Além do risco de causar problemas gastrointestinais, hipertensos e diabéticos estão propensos a sofrer complicações, que em casos mais graves levam ao óbito.

Desrespeito às Leis de trânsito, excesso de bebidas alcoólicas, comidas gordurosas são fatores que prejudicam a saúde e levam as pessoas a adoecer e procurar o HGE

“A hipertensão arterial atinge um terço dos brasileiros e é um dos principais fatores de risco cardiovascular, sendo responsável por mortes por infarto, insuficiência cardíaca e AVC [acidente vascular cerebral]. Contra isso, a nossa recomendação é continuar com a dieta balanceada, praticar atividade física, parar de fumar, controlar o estresse e evitar as bebidas alcóolicas”.

Outro grande inimigo do bem-estar é a imprudência no trânsito. Somente nesse último feriadão de Páscoa, 54 pessoas chegaram à maior unidade de urgência e emergência de Alagoas com ferimentos causados por acidente de trânsito.

Todos os casos são procedentes da desatenção no trânsito, que atua como um “efeito cascata”, alcançando inocentes, como pedestres na calçada e famílias que seguem pela via na expectativa por diversão.

“Mesmo com tanta informação, ainda há pessoas que dirigem após ingerir bebidas alcóolicas. Isso é ainda mais notório nos dias de festa, como em feriados prolongados. O uso abusivo do álcool pode causar dependência, problemas pelo corpo e atos irresponsáveis. É um grande perigo para quem está no veículo e para todas as outras pessoas que, sem saber, trafegam próximo desse motorista infrator”. Álvaro Bulhões, cirurgião-geral.

Mesmo com tanta informação, o médico Álvaro Bulhões lamenta que muitas pessoas não adotam hábitos de prevenção

Também é importante que o local escolhido para diversão seja longe de contaminações, de animais ariscos e de objetos que podem oferecer riscos de agravos.

A queimadura, por exemplo, por escaldadura é frequente em crianças, que, desconhecendo o perigo, mexe na panela e derrama o líquido superaquecido. Entretanto, engana-se quem pensa que somente os menores “brincam com o fogo”.

“Também há adultos que não sabem acender uma churrasqueira com segurança, por exemplo. É importante optar por um bom carvão, pois ajuda no acendimento, na durabilidade e na inexistência de estalos. Nunca jogue álcool líquido sobre chamas ou brasas e fique a uma distância segura. Em caso de queimadura, lave abundantemente o local com água limpa corrente. Se a lesão for grave, traga imediatamente ao HGE”. Paulo Teixeira, médico gerente do HGE.