26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

Viçosa: Polícia pede segredo de justiça sobre acusados de planejar atentado

Segundo as investigações, três jovens do município alagoano queriam repetir atentado de Suzano em escola local

Depois de apreenderem celulares e um computador, equipamentos que pertenciam aos três jovens acusados no planejamento de um atentado em uma escola da cidade de Viçosa, na zona da mata alagoana, os investigadores da 9ª Delegacia de Polícia Civil determinaram que o inquérito policial teria que correr em segredo de justiça.

A estratégia, segundo fontes da própria polícia, é exatamente para não prejudicar o andamento das investigações. O caso requer, antes de tudo, muita técnica na apuração e muito discernimento em torno da questão, considerando que o momento político vivido no País pode suscitar uma série de interpretações sobre o fato e, diante disso, a polícia não pode perder o foco para o esclarecimento do caso.

No material apreendido, o que a polícia tem até então são os áudios de whatsaap trocados entre os jovens viçosenses que planejavam, de acordo com os investigadores um atentado na escola pública Joaquim Diegues, semelhante ao ato terrorista da escola de Suzano, na grande São Paulo, praticado por dois ex-alunos no dia 13 de março.

Jovens de Suzano (SP): isso nunca mais.

Em Suzano um adolescente e um homem encapuzados atacaram a Escola Estadual Raul Brasil e mataram sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio. Em seguida, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou. Pouco antes do massacre, a dupla havia matado o proprietário de uma loja da região. Os assassinos foram identificados como Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25, ambos ex-alunos da escola.

Em Viçosa – Aqui na zona da mata do Estado as autoridades não falam sobre o caso. Em Viçosa o silêncio é profundo e as identidades dos jovens suspeitos no planejamento do atentado terrorista são mantidas sob sigilo.

Viçosa, Alagoas: berço de intelectuais.

Conhecida como “princesinha das matas”, Viçosa é um município localizado a 86 quilômetros da capital Maceió. Foi fundado em 1790 por Manoel Francisco e elevado à categoria de Vila em 13 de Outubro de 1831 e conquistou sua emancipação política  16 de Maio de 1892.

Terra do saudoso menestrel Teotônio Brandão Vilela e do ex-cardeal primaz do Brasil, Dom Avelar Brandão Vilela, Viçosa é uma cidade pacata e tida como berço de intelectuais alagoanos.

O episódio que a polícia agora investiga precisa e deve ser bem esclarecido à opinião pública.

Em havendo culpados, de fato, que sejam punidos na forma da lei.