4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Vídeo: Bolsonaro abandona entrevista na Jovem Pan ao ser perguntado sobre rachadinha

André Marinho foi irônico ao listar “práticas do PT” que o governo Bolsonaro anda fazendo, como toma lá da cá e união com centrão e milícia

O presidente Jair Bolsonaro abandonou, com raiva, uma entrevista no programa Pânico, da Jovem Pan, nesta quarta (27). O momento de quebra aconteceu quando André Marinho falou sobre o “medo do retorno do PT”, acusando o partido de cometer os mesmos crimes que Bolsonaro e seu governo andam praticando.

“Uma honra vê-lo aqui. Além de ser nosso presidente, é um verdadeiro mito. Tá todo mundo aqui muito preocupado com o retorno do PT ao poder. O PT que vendeu o governo para o centrão, comprou base parlamentar com emenda, tinha milícia digital para atacar opositor e fez indicação ao STF com cunho político. Ninguém quer ver esse horror voltando”. André Marinho.

Logo depois, ele soltou a indireta (pra lá de direta) que Bolsonaro entendeu desde o princípio:

“Mas eu tenho uma denúncia aqui de uma prática que tem acontecido direto no meu Rio de Janeiro, onde eu nasci, onde ele militou na política, que são vários deputados nos seus gabinetes, PSB, PSOL, PT, que estão roubando salário de assessor e botando no próprio bolso, desviando dinheiro público. E o PT é campeão deste tipo de crime peculato. Então eu pergunto: rachador tem que ir para cadeia ou não”? André Marinho.

Neste momento, Bolsonaro se irritou e respondeu exigindo respeito, lembrando ser o presidente da República e que apenas responde pelos próprios ato.

“Não vou aceitar provocação tua. Recolha teu jornalismo, não vou aceitar”. Jair Bolsonaro.

André Marinho é filho de Paulo Marinho, suplente do senador Flávio Bolsonaro. O presidente acusou o empresário de querer a vaga do filho, insinuando que esse é o motivo do humorista criticá-lo tanto na Jovem Pan.

“O seu pai tá interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. Não vou discutir com você. Seu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu indiquei seu pai para ser suplente do Flávio […] Não tem mais conversa contigo”. Jair Bolsonaro.

Leia mais: O jantar de Temer em que riem de Bolsonaro com imitação de André Marinho

Emílio se intrometeu na confusão e pediu para que outro integrante fizesse uma nova pergunta ao presidente. Só que Marinho não perdeu a oportunidade de criticar o chefe do executivo.

“É tigrão com humorista e tchutchuca com o STF”. André Marinho.

Bolsonaro ainda tentou responder, mas foi interrompido por causa de uma briga no estúdio. Logo depois, deixou o local em Manaus (AM), de onde dava a entrevista por videoconferência.