21 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vídeo: Criminosos arrombam única escola de ensino básico que ainda funciona no Pinheiro

Diretora da instituição culpa a Braskem, que não fornece segurança no local, pelo abandono e perdas financeiras

A educadora Edmarcia Cordeiro, diretora da única escola de ensino básico que ainda funciona no bairro do Pinheiro, em Maceió, disse que o prédio da instituição foi arrombado por criminosos neste domingo (16).

Na ação, além de levaram fios, computadores, webcams e outros equipamentos, eles também desligaram a rede elétrica. Na semana passada, a mesma escola foi alvo de furto, mas na parte externa.

Por causa da destruição do solo e rachaduras nas edificações, a escola era a única da região que funciona neste momento e por causa disso já era visada por bandidos.

Além disso, com a insegurança por causa das rachaduras no solo e edificações, a escola se encontra isolada na região. Moradores se mudaram, alunos largaram a instituição e a segurança, que deveria ser mantida pela Braskem, não existe, segundo Cordeiro.

“Com a retirada dos moradores, a unidade do Pinheiro está inserida em um local basicamente deserto e a Braskem é a responsável pela segurança. Nada está sendo fácil. Além de todo o transtorno pela perda de alunos e prejuízos financeiros, a Braskem vem fazendo uma tortura psicológica. Nos encontramos mais uma vez sobre possibilidade de fechar nossa escola, devido a falta de condições, mas eles seguem sem nos oferecer esta oferta”. Edmarcia Cordeiro.

Desta vez, acesso dos criminosos aconteceu por uma casa que fica ao lado. A moradia, embora desocupada, não está isolada. Os bandidos então entraram no pátio e tiveram acesso às dependências da unidade.

Durante a semana, a unidade de ensino conta com um porteiro, que garante a segurança, mas no fim de semana, a escola fica à mercê de bandidos.

“Já havíamos pedido a Braskem alguma providência, tanto para isolamento de casas próximas quanto na própria escola, como câmeras, mas, até o momento, nada foi feito”. Edmarcia Cordeiro.

Cepa

Escolas do Cepa, em Maceió, estão com rachaduras. O Centro Educacional fica em área de risco do Pinheiro e o CPRM avalia se problema tem ligação com as rachaduras que têm surgido no bairro. Unidades de ensino que ficam nos bairros do Pinheiro e Bebedouro já foram lacradas.