18 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vigilância Sanitária de Maceió retira de circulação 900 kg de alimentos no fim de semana

Fiscais recolheram produtos fora do prazo de validade nos bairros da Levada, Jacintinho, Tabuleiro do Martins e Benedito Bentes

Vigilância Sanitária retira de circulação 900 kg de alimentos no fim de semana
Alimentos recolhidos estavam fora do prazo de validade. Foto: Visa Maceió
Em mais um fim de semana de fiscalizações na capital alagoana, a Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) apreendeu, no sábado (30) e domingo (1º), 900 kg de produtos perecíveis e não perecíveis impróprios para consumo humano. O trabalho ocorreu em supermercados, frigoríficos e laticínios dos bairros Levada, Jacintinho, Tabuleiro do Martins e Benedito Bentes.

Durante as fiscalizações, os fiscais do órgão observaram as condições de armazenamento, refrigeração, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos. Entre os produtos apreendidos e retirados da exposição à venda estavam carne bovina e suína, linguiça calabresa, mortadela, leite e biscoitos.

Produtos fora do prazo de validade. Fotos: Vigilância Sanitária

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos, as ações de fiscalização são rotineiras e têm o propósito de levar orientação aos empreendimentos sobre a forma correta de comercialização alimentícia.

“A fiscalizações realizadas pela Vigilância Sanitária são de rotina. Estamos sempre nas ruas de Maceió, levando aos comerciantes orientações sobre a importância de manter as normas sanitárias para que a saúde da população seja assegurada. Nosso intuito não é punir, mas orientar e educar a população”, ressalta o coordenador.

Coordenador da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos. Foto: Edvan Ferreira/Secom Maceió
Coordenador da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos. Foto: Edvan Ferreira/Secom Maceió

Os locais onde houve o recolhimento dos alimentos impróprios para consumo foram notificados e poderão receber multa que varia de R$ 180 a R$ 19 mil, a depender da gravidade do caso. Os alimentos apreendidos foram encaminhados ao descarte no aterro sanitário de Maceió.

Ações educativas

Além do recolhimento de alimentos fora do prazo de validade, durante o fim de semana, a Vigilância Sanitária também esteve no Mercado da Produção (Levada), Mercado do Jacintinho, Feirinha do Tabuleiro e feiras do Benedito Bentes I e II, levando ações educativas por meio da entrega de máscaras descartáveis e de panfletos informativos, com o objetivo de orientar comerciantes e consumidores a comercializar e adquirir, respectivamente, produtos dentro do prazo de validade.

Disque Denúncia e WhatsApp

Para denunciar irregularidades, observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, os maceioenses podem entrar em contato no telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, ou pelo WhatsApp (82) 98705-0730, que funciona 24h, todos os dias.