22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: Igreja Nova

Covid-19: Governo de AL e 20 prefeituras já implantaram transparência nos gastos

Covid-19: Governo de AL e 20 prefeituras já implantaram transparência nos gastos

Justiça
Após recomendação feita pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), o estado e vários município alagoanos começaram a implantar e disponibilizar os seus gastos efetuados no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Até agora, além do Poder Executivo estadual, 20 prefeituras já estão cumprindo o princípio da publicidade, um dos principais e mais importantes no campo da administração pública. Para facilitar o controle social sobre essa aplicação de recursos, o portal do MPAL está disponibilizando, a partir desta segunda-feira (11), uma landing page que dá acesso aos links de cada uma dessas cidades onde está o detalhamento das despesas com bens e serviços. Como 95 dos 102 municípios receberam a recomendação do MPAL para que criem um espaço virtual dando visibilidade a esses gastos,
Bandidos fazem reféns durante assalto a lotérica de Igreja Nova

Bandidos fazem reféns durante assalto a lotérica de Igreja Nova

Alagoas
A Casa Lotérica localizada no Centro do município de Igreja Nova (AL) foi roubada no início desta quinta (23), por quatro bandidos. Eles estavam armados, em um Fiat Toro de cor branca, com placa fria e que fora abandonado após a fuga. Os suspeitos invadiram o estabelecimento, renderam funcionários e o proprietário da Lotérica e recolheram todo o dinheiro da empresa. O veículo usado durante o roubo foi abandonado na zona rural de Porto Real do Colégio, com guarnições da polícia fazendo buscas neste município e em Penedo. O 11º Batalhão de Polícia Militar (11º BPM) confirmou que pelo menos dois dos acusados de participarem do roubo a casa lotérica de Igreja Nova foram identificados e seguem sendo procurados. O veículo, que havia sido roubado na noite do dia 22, em Aracaju-SE
Homem é condenado a 103 anos por estuprar quatro filhos e abusar de cadela

Homem é condenado a 103 anos por estuprar quatro filhos e abusar de cadela

Justiça
A Vara única de Igreja Nova (AL) condenou um morador do município a 103 anos e 6 meses de reclusão por estupro de vulnerável contra três filhas e um filho, além de ato sexual que levou à morte a cadela da família. A mãe das crianças foi condenada a 93 anos e 4 meses, devido a omissão penalmente relevante. A sentença foi proferida pelo juiz Anderson Santos dos Passos, na quinta-feira (26). As crianças tinham entre 7 e 15 anos quando as agressões ocorreram, de forma repetida. Como uma das filhas foi violentada após completar 14 anos, o homem também foi condenado por estupro comum. Pai e mãe tiveram a prisão preventiva mantida pelo juiz. Para as condenações, o magistrado considerou os depoimentos das vítimas e de conselheiras tutelares, e os laudos periciais indicando conjunção c
Promotoria de Igreja Nova detecta falhas em postos de saúde

Promotoria de Igreja Nova detecta falhas em postos de saúde

Interior
O projeto MP na Unidade, uma iniciativa do Núcleo de Defesa da Saúde Pública (Nudesp) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), está realizando vistorias nos postos de saúde da cidade de Igreja Nova. Em três dias de fiscalização, o promotor de justiça Paulo Henrique Prado já conseguiu constatar algumas irregularidades, que serão alvo de recomendações a serem expedidas à Prefeitura nos próximos dias. Das 17 unidades e extensões de saúde que existem no município, sete já foram visitadas pela Promotoria de Justiça de Igreja Nova. Até a semana que vem, Paulo Henrique Prado pretende ir as outras 10, de modo que, após concluir todas as vistorias, um relatório seja elaborado, apontando as deficiências encontradas e dando um prazo para que a administração pública possa fazer as devidas a
Igreja Nova: Promotoria flagra centenas de bebidas alcoólicas vencidas

Igreja Nova: Promotoria flagra centenas de bebidas alcoólicas vencidas

Interior
Foi uma operação de conscientização para que comerciantes não vendam bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, mas o resultado foi a apreensão de centenas de latas de aguardentes e cervejas com prazo de validade expirado. O material foi apreendido e, o dono do estabelecimento, encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos. O trabalho foi comandado pelo promotor de justiça Paulo Henrique Prado, titular da Promotoria de Justiça de Igreja Nova. Naquele município, segundo ele, aumentou o consumo de bebidas alcoólicas por parte de adolescentes, o que fez crescer o número de ocorrências envolvendo menores de idade sob o efeito do álcool. Diante dessa realidade, ele decidiu montar uma operação para visitar estabelecimentos comerciais, a exemplo de bares, restaurantes, depósitos