17 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade

Marcelo Firmino

Marcelo Firmino é jornalista e publicitário com passagens em vários veículos de comunicação de Alagoas e do País. Foi presidente do Sindicato dos Jornalistas no Estado e Secretário de Comunicação da Prefeitura de Maceió. Nesse espaço reportará e analisará os fatos que influenciam na vida sociedade.

Agressões a Rodrigo Cunha são frutos da mediocridade política irracional

Agressões a Rodrigo Cunha são frutos da mediocridade política irracional

Blog, Marcelo Firmino, Política
No jogo eleitoral, burrice é criar briga contra adversário político, com agressões, xingamentos, entre outras idiotices dos intolerantes. O senador Rodrigo Cunha (UB) foi vítima dessa baixaria em sua própria terra, Arapiraca, neste domingo, 14, dia dos pais. Logo, divulgou vídeo na internet relatando os fatos como vítima da agressão na arquibancada da torcida do ASA, para onde tinha ido com os filhos assistir ao jogo do alivnegro. Cunha deixou claro que foi agredido por adversários políticos e reforçou que "essa turma está com medo de perder o poder, mas não vamos nos intimidar". Não precisa ser bom entendedor para saber quem está no poder e qual a atuação do senador em Alagoas. Isto é, Cunha está em plena campanha pelo governo do Estado. Mas, seja ele ou qualquer outro candidato, t
Bolsonaro: Carta pela democracia vale menos que papel higiênico

Bolsonaro: Carta pela democracia vale menos que papel higiênico

Blog, Marcelo Firmino
Definitivamente, Jair Bolsonaro (PL) desconhece o que é democracia e estado de direito. Além disso, não tem o menor respeito pela necessária vida democrática. Em sua ótica, a lei só presta se lhe favorecer, bem como aos seus. Do contrário, tudo é tratado como descartável ou inimigo. Suas investidas contra ministros do Supremo Tribunal Federal e a própria justiça eleitoral são provas reais de sua irracional postura antidemocrática. Não há compreensão, nem respeito da parte dele. No episódio da leitura da Carta Pela Democracia, na última quinta-feira, 11, na Faculdade de Direito de São Paulo, ele foi às redes sociais e declarou que o manifesto "vale menos que papel higiênico". Não é preciso dizer que tal postura infla o ego dos que lhe seguem. Exatamente por que são igu
Corrupção: Rio Largo carrega uma triste sina ou apenas a vontade do seu povo?

Corrupção: Rio Largo carrega uma triste sina ou apenas a vontade do seu povo?

Blog, Marcelo Firmino
Com mais de 57 mil eleitores, a cidade de Rio Largo, na grande Maceió, carrega consigo uma triste sina das gestões municipais maculadas pela falta de zelo, pela corrupção e as falcatruas. O episódio que agora envolve o prefeito Gilberto Gonçalves (PP) e a investigação da Polícia Federal na Prefeitura por desvio de recursos, é apenas mais um entre tantos outros que envergonharam a cidade e sua população. Isto é, envergonha em termos por que o eleitorado de Rio Largo vive a repetir os mesmos erros de sempre, sem a menor preocupação com a postura digna que um gestor deveria ter e muito menos com o futuro do município. Só para refrescar a memória da população e seu eleitorado, basta dizer que desde 1970, o município sofre as consequências de gestões desastrosas. Em 70, o então
Recado de Lira para Collor: Ninguém é mais Bolsonaro em Alagoas do que eu

Recado de Lira para Collor: Ninguém é mais Bolsonaro em Alagoas do que eu

Blog, Marcelo Firmino
Depois do senador Fernando Collor ter se apropriado do "legado" político de Jair Bolsonaro, em Alagoas, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), resolveu reagir e disse a lideranças do agronegócio alagoano, que ninguém representa mais Bolsonaro no Estado do que ele. “Ninguém vai roubar isso de mim. Temos que saber diferenciar quem precisa de Bolsonaro e quem ajuda Bolsonaro a trabalhar”, disse o presidente da Câmara. Lira apoia a candidatura do senador Rodrigo Cunha (UB) ao governo do Estado, que tem como candidata a vice a deputada estadual Jó Pereira, que é prima dele. A declaração, com forte apelo emocional, tem como propósito alavancar eleitoralmente a chapa que abraçou, para derrotar as articulações políticas do arquinimigo, senador Renan Calheiros (MDB), cujo candidato
Djavan diz que a injustiça dói e que sempre votou no Lula e vai votar de novo

Djavan diz que a injustiça dói e que sempre votou no Lula e vai votar de novo

Blog, Marcelo Firmino
Aos 73 anos, o alagoano Djavan surge, mais uma vez em alto estilo, lançando Mundo de Paz, segundo ele, "tentando quebrar o obscurantismo  e a falta de esperança". O novo disco tem estreia de turnê marcada para março de 2023, em Maceió. Depois será lançado em 8 cidades dos Estados Unidos, conforme revela reportagem especial de Maria Fortuna, no jornal O Globo (RJ). Djavan se abre na entrevista falando de um disco "luminoso e feliz", como se a obra surgisse na construção de um mundo novo, pós pandemia. Ele diz que sua obra fala de política, "mas com outros argumentos",  e que, pessoalmente, não se deixou contaminar "por todas essas questões que envolvem o Brasil de hoje". Assim, diz que o disco vem combater o obscurantismo com beleza. Segundo ele, os tempos estão sombrios, ma
Política se transforma em grande negócio de família, com a arte (deles) de viver bem

Política se transforma em grande negócio de família, com a arte (deles) de viver bem

Blog, Marcelo Firmino, Política
Sabe aquela história da corrupção que indignava as pessoas em tempos recentes. Ela sumiu no vento como silvo de passarinho. E o que terá acontecido para que os mais exaltados contra a "corrupssaum" deixassem de lado a cantilena e se acomodasse na lida muda de então? Pode ter certeza que são os interesses específicos por trás de tudo, que levam à postura de relevar das aberrações até a irracinalidade das discussões em torno da política de agora. Política, aliás, que sempre foi, mas que nesses tempos exacerbou na conduta de transformação de um negócio de família. Não é preciso dizer que aqui se faz política de pai para filho. Os mandatos são, de certa forma, hereditários e as ramificações vão se ampliando para os mais diversos segmentos familiares. Enquanto grande e rentáv
CSA, no Z-4, aprofunda a crise depois da derrota para o Bahia na série B

CSA, no Z-4, aprofunda a crise depois da derrota para o Bahia na série B

Esportes, Marcelo Firmino
O CSA aprofundou a crise ao perder para o Bahia neste sábado, 06, por  1 a 0, na Arena Fonte Nova, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol do Bahia foi marcado pelo atacante Igor Torres, ainda no primeiro tempo, apesar do CSA ter apresentado uma postura mais ofensiva na partida de hoje. Com o time azulino se mantém na zona do rebaixamento com 20 pontos. O problema é que a campanha do Azulão tem deixado insatisfeita grande parte da torcida do outrora clube do Mutange. Hoje o clima que envolve parte da torcida azulina é de xingamentos e ameaças contra a diretoria do clube. Diante disso, as informações de bastidores dão conta de que o técnico Alberto Valentim está para deixar o comando técnico do time. Já o Bahia, com o resultado, reasumiu a vice-liderança d
Candidatura de Jullyene Lins, ex-de Arthur Lira, é um “déjà vu” na política alagoana

Candidatura de Jullyene Lins, ex-de Arthur Lira, é um “déjà vu” na política alagoana

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
A candidatura de Jullyene Lins, ex-mulher do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a deputada estadual em Alagoas, é o sintoma real do clima tenso de enfrentamento entre os poderosos da política local. O nome de Jullyene deve ser homologado nesta sexta-feira, 05, na convenção do MDB, em Maceió. A própria direção do partido divulgou nota destacando a candidatura. Jullyene Lins processou na justiça o ex-marido, Arthur Lira (PP), alegando ser vítima de agressões físicas, perseguição "e ameaças por ter desafiado o poder econômico e político em Alagoas". O caso se arrasta nos tribunais, como tantos outros envolvendo autoridades no País. O senador Renan Calheiros, que tornou-se inimigo político de Arthur Lira, tratou de ser o padrinho da candidatura de Jullyene. A questão é
No vídeo: Uma jovem esmurrada barbaramente ou a perda provisória da consciência do agressor?

No vídeo: Uma jovem esmurrada barbaramente ou a perda provisória da consciência do agressor?

Blog, Marcelo Firmino, Policia
O doutor Raimundo Palmeira é um criminalista experiente e brilhante em sua carreira. E como tal tratou de se antecipar na defesa de um policial militar que agrediu uma mulher de forma bárbara e repugnante, em um  posto de combustível, em Maceió, esta semana. É claro que o agressor tem seu direito à defesa. Mas, o que o advogado pontuou antecipadamente na mídia foi uma hermenêutica jurídica  que diz "dê-me o fato e dar-te-ei o direito". E no caso específico "o fato" que convém para fazer a defesa de um agressor incontinente. É papel do advogado defender o cliente por meio de normas e estratégias que, muitas vezes, até escondem os fatos. E, claro, não se diz aqui que o nobre advogado assim o fez ao levantar o argumento da "perda provisória de consciência" do agressor. Mas, qu
Ronaldo Lessa vice de Paulo Dantas: o lado de lá perdeu o bonde da democracia

Ronaldo Lessa vice de Paulo Dantas: o lado de lá perdeu o bonde da democracia

Blog, Marcelo Firmino
O ex-governador de Alagoas e atual vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa (PDT), assumiu a condição de pré-candidato a vice na chapa de Paulo Dantas, que vai disputar o governo do Estado. Para Lessa a tomada de decisão não foi simples, mas ele destaca que não poderia ter sido diferente no atual momento em que a democracia está ameaçada e o retrocesso político tem pontuado no País. Ao ser questionado pelo ÉAssim sobre o sentimento de ter rompido com o grupo do prefeito JHC (PSB), bem como o fator motivador para assumir a aliança política com o MDB, Lessa se manifestou com tristeza. Ele destacou que no primeiro momento foi muito sentido por conta do senador Rodrigo Cunha, candidato a governador pelo União Brasil, que "foi muito correto comigo". Já num segundo momento, observo