20 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Personalidades

Morre Cavalcanti Barros: jornalista, radialista, ator, escritor e procurador de Estado

Era um homem de mil e um talentos. O sepultamento só será aberto aos membros da família

Cavalcanti Barros: um ícone da arte e da cultura alagoana

Morreu na madrugada desta sexta-feira, 1, o procurador de Estado aposentado, jornalista, ator e escritor, José Cavalcanti Barros.

Ele estava internado na UTI da Unimed e sofreu uma parada cardíaca. Cavalcanti barros tinha 93 anos.

Ele foi um nome envolvido com a arte e a cultura alagoana. Atuou como radialista, jornalista, poeta, cantor, ator, compositor, desenhista, comediante, advogado, além de ser procurador do Estado

Era um homem de mil e um talentos, como costumavam dizer seus amigos. No rádio, nos anos 70, fez com Jorge Villar o programa de humor esportivo, Ora Bolas, da Rádio Gazeta.

Autor dos livros O transporte em Maceió (cordel); Tempo de agora (poesia, 1988) – republicado em 2016 –; 30 anos depois (2006, coautoria com Frederico Brotherood de Medeiros e Luiz Henrique Amorim Rocha); e O sabiá jandaia (2009).

Devido a pandemia do coronavírus, a família restringiu o acesso ao sepultamento, às 17 horas, no Parque das Flores. Será aberto apenas aos membros da família.

.