14 de maio de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Governo coloca um alvo na testa e lista 23 acusações a serem respondidas na CPI da Pandemia

Marcada para começar hoje, a CPI da Pandemia no Senado deixou o Governo Federal atento para (óbvios) pontos sobre suas ações, ou falta das mesmas

Marcada para começar hoje, a CPI da Pandemia no Senado deixou o Governo Federal atento para alguns (óbvios) pontos sobre suas ações, ou falta das mesmas, nesta pandemia.

E com o entorno do presidente Jair Bolsonaro já teme o impacto desastroso da Comissão Parlamentar de Inquérito, a ponto de tentar retirar a relatoria de Renan Calheiros, a Casa Civil enviou um e-mail com uma tabela para que 13 ministérios produzissem e enviasse uma resposta à Casa Civil até sexta-feira (23).

Confira a lista:

  1. O Governo foi negligente com processo de aquisição e desacreditou a eficácia da Coronava;
  2. O Governo minimizou a gravidade da pandemia;
  3. O Governo não incentivou a adoção de medidas restritivas;
  4. O Governo promoveu tratamento precoce sem evidências científicas comprovadas;
  5. O Governo retardou e negligenciou o enfrentamento à crise no Amazonas;
  6. 6-O Governo não promoveu campanhas de prevenção à Covid;
  7. O Governo não coordenou o enfrentamento à pandemia em âmbito nacional;
  8. O Governo entregou a gestão do Ministério da Saúde, durante a crise, a gestores não especializados (militarização do MS);
  9. O Governo demorou a pagar o auxílio-emergencial;
  10. Ineficácia do PRONAMPE – programa de crédito;
  11. O Governo politizou a pandemia;
  12. O Governo falhou na implementação da testagem;
  13. Falta de insumos diversos;
  14. Atraso no repasse de recursos para os Estados destinados à habilitação de leitos de UTI;
  15. Genocídio de indígenas;
  16. O Governo atrasou na instalação do Comitê de Combate à Covid;
  17. O Governo não foi transparente e nem elaborou um Plano de Comunicação de enfrentamento à Covid;
  18. O Governo não cumpriu as auditorias do TCU durante a pandemia;
  19. Brasil se tornou o epicentro da pandemia e ‘covidário’ de novas cepas pela inação do Governo;
  20. Gen Pazuello, Gen Braga Netto e diversos militares não apresentaram diretrizes estratégicas para o combate à Covid;
  21. O Presidente Bolsonaro pressionou Mandetta e Teich para obrigá-los a defender o uso da Hidroxicloroquina;
  22. O Governo Federal recusou 70 milhões de doses da vacina da Pfizer;
  23. O Governo Federal fabricou e disseminou fake news sobre a pandemia por intermédio do seu gabinete do ódio.

Cada ministério deveria dizer o que está fazendo ou o que fez a respeito dos temas críticos. Como todos os assuntos citados pelo próprio governo poderão ser alvo da Comissão, o trabalho da Casa Civil deverá funcionar como material de defesa durante a investigação parlamentar.