16 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Ifal oferta mais de 3 mil vagas em cursos técnicos com novo processo seletivo

Há oportunidades em diversas áreas do conhecimento, distribuídas em 16 unidades de ensino no estado

O Instituto Federal de Alagoas – Ifal lançou, nesta terça-feira (29), os últimos editais com a oferta de vagas para o Exame de Seleção 2021.1.

Ao todo, a instituição abriu 3.203 vagas em cursos técnicos, sendo 2.484 na modalidade integrado, para quem deseja estudar o ensino médio regular e, em paralelo, ter a formação profissional escolhida.

As outras 719 vagas são da modalidade subsequente, destinadas a quem tiver ensino médio concluído até a data da matrícula, prevista para o início de 2021.

Há oportunidades em diversas áreas do conhecimento, distribuídas em 16 unidades de ensino no estado. As inscrições são gratuitas no endereço exame.ifal.edu.br

Os editais publicados têm cronogramas distintos. Dois deles já estão com inscrições abertas e os demais iniciam no dia 11 de janeiro. Esse desmembramento do processo seletivo ocorreu, segundo a pró-reitora de Ensino Cledilma Costa, para respeitar as diferenças no fechamento dos calendários letivos de 2020 de cada campi da instituição, que foram impactados durante a pandemia.

No caso do Edital Nº 19/2020, uma retificação foi realizada na última segunda-feira (28), com inserção de vagas para o Campus Rio Largo.

Método de seleção

Nesta edição do certame, além de aumentar o percentual das cotas reservadas a candidatos de escola pública para 60%, o Ifal vai adotar formas de ingresso distintas dos anos anteriores. Para garantir as medidas de segurança e prevenção à pandemia do coronavírus, não haverá aplicação de provas presenciais.

Os candidatos à modalidade integrado serão selecionados mediante análise do histórico escolar considerando as notas do 6º ao 8º ano nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Para os candidatos aos cursos subsequentes, serão consideradas as notas do 1º e do 2º ano do ensino médio nas disciplinas mencionadas.

Em razão do novo método de seleção, será necessário anexar já no momento da inscrição a cópia digitalizada do CPF e  uma cópia digitalizada (frente e verso, se for o caso) do Histórico Escolar ou Declaração Escolar, contendo o nome completo do candidato, o carimbo e a assinatura do responsável pela escola.

Nos anexos dos editais, é possível encontrar o modelo da Declaração Escolar exigida pelo certame, em caso da impossibilidade de apresentar o Histórico.

Como se inscrever

A página de inscrição no processo seletivo foi reformulada. Desse modo, mesmo quem já possui cadastro no sistema antigo, terá que fazer um novo cadastro. Há um vídeo tutorial publicado no canal do Ifal no Youtube, explicando o passo a passo.

No cadastro, o candidato deverá informar obrigatoriamente seu número de CPF, não sendo aceito em hipótese alguma outro CPF que não seja o do candidato.

Também são dados obrigatórios o nome completo, data de nascimento, endereço físico e e-mail. No caso de candidatos menores de idade, eles deverão fornecer, além de seus próprios dados, os dados do responsável.