17 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade

Artigo

Bolsonarismo mata: Culto de ódio cria ares de terrorismo e ameaça democracia

Bolsonarismo mata: Culto de ódio cria ares de terrorismo e ameaça democracia

Artigo, Política, Vídeos
Por uma série de cenários e conjecturas que qualquer brasileiro médio deve saber (ainda que de forma torta ou duvidosa), os eleitores do Brasil conduziram à presidência Jair Bolsonaro, que em plena campanha, em discurso no Acre em 2018, disse que iria "fuzilar a petralhada". Capitão reformado do Exército, Jair se lançou na política no final da década de 80, sendo eleito vereador pelo Rio de Janeiro e ficando no cargo por apenas dois anos, pois fora eleito deputado federal pelo mesmo Estado - inclusive com suspeita de fraudes no voto impresso em 1994. Seguiu mamando nas tetas do governo esse tempo todo. Durante sabe-se lá quanto tempo, roubava o salário de seus assessores. Dormia, não fazia projetos e apenas ofendia pensamentos contrários. Isso porque era apoiador de Collor (e dep
Aninha de seu Rodrigues uma guerreira que se foi em nossa Paulo Jacinto

Aninha de seu Rodrigues uma guerreira que se foi em nossa Paulo Jacinto

Artigo, Expresso
Por Pedro Rocha* O falecimento de Ana Rosa Alves de Oliveira - Aninha  -  nesta terça-feira, 21, deixou a todos nós entristecidos. O que nos cabe nesse lamento é externar os nossos sentimentos aos familiares e amigos nesse momento de pesar e dor. Aninha de seu Rodrigues foi uma batalhadora e guerreira. A conhecemos desde o período da nossa infância. Apesar das dificuldades e limitações que a acometera, nos primeiros anos da sua vida, conseguiu superá-las e seguir a sua lida diária como mãe e zelosa. Lembramos agora, mais ainda, da sua participação em vários EPJ - O Econtro dos Nativos e Amigos de Paulo Jacinto. Nesta foto sua participação no 10º encontro, em 6-Dez-2003, no Clube da Petrobras, em Guaxuma, Maceió. Ela era uma incentivadora dos nossos eventos. No 17º EPJ, 20-N
Dona Flora deixa saudades: Foi a primeira contabilista da Prefeitura de Maceió

Dona Flora deixa saudades: Foi a primeira contabilista da Prefeitura de Maceió

Artigo, Expresso
Por Wagner Lima* Ela morreu na manhã deste sábado (4), aos 83 anos, na Santa Casa de Misericórdia de Maceió, por complicações cardiovasculares e falência múltipla de órgãos. Dona Flora Costa de Barros Lima, a única mulher contabilista a comandar por mais de 30 anos a contadoria geral da prefeitura de Maceió, desde o governo Sandoval Cajú (1961), a Ronaldo Lessa (1996). Formada em ciências contábeis, direito e especialista em direito tributário dona Flora ingressou como funcionária pública de carreira em 1960 no governo Manoel Valente de Lima sendo professora de alfabetização da antiga FEMAC - Fundação Educacional Do Município De Maceió. Por concurso interno no município na administração do então prefeito Sandoval Cajú, começa a integrar e dirigir a contadoria geral da prefeitu
Governo com amantes da tortura, ódio a minorias e mentiras escancaradas domina cenário eleitoral

Governo com amantes da tortura, ódio a minorias e mentiras escancaradas domina cenário eleitoral

Artigo
Apesar de pegar "Deus acima de todos" e jurar que defende a moral e os bons costumes, o governo Bolsonaro é tão extremista, que não dá nem mais para disfarçar. E eles nem se importam mais. Enquanto o presidente Jair Bolsonaro, sem nenhuma celeuma, enalteceu os tempos de ditadura e já fala em "passar mal" por ter que seguir a constituição, seu entorno, mesmo sem o passe livre do presidente, segue apelando no discurso. O que não é mais nenhuma novidade. O filho do presidente, um deputado federal, dizer estar com "pena" da cobra que torturou uma mulher (Miriam Leitão, grávida, trancada em uma quarto com uma jiboia, durante a ditadura) nem choca mais. É como eles são: adoram quem tortura. Odeiam o pensamento contrário. Leia mais: Bolsonaro defende a ditadura e manda ministros do S
Próxima morte a ser comemorada é a do bolsonarismo

Próxima morte a ser comemorada é a do bolsonarismo

Artigo, Política
Olavo de Carvalho morreu. E seus seguidores ficaram indignados com a reação, nada simpática e muito menos respeitosa, daqueles que comemoraram a notícia. Não entenderam a catarse que foi a realização da morte, justamente por Covid-19, de um covarde que durante anos em sua salinha nos EUA propagou burrice, ódio contra minorias e abriu alas para sua cria mais danosa: o bolsonarismo. Leia mais: Bolsonarismo, uma seita que mata brasileiros todos os dias "E daí", "não sou coveiro", "é o destino de todo mundo", "vou fazer o que?" ou "tem que deixar de mimimi", além do mais recente "número de crianças mortas é insignificante", são algumas das mais emblemáticas frases do presidente Jair Bolsonaro e seus seguidores nesta pandemia. Isso sem falar do culto à morte de quem é "de esquer
15 de novembro: Salvemos a República antes que seja tarde

15 de novembro: Salvemos a República antes que seja tarde

Artigo, Expresso
Por Jefferson Souza* Hoje, 15 de novembro de 2021, dia em que comemoramos a Proclamação da República, faz-se necessário sabermos o contesto histórico da República Brasileira que teve início em 1889, tendo como primeiro presidente o alagoano Marechal Deodoro da Fonseca, movimento oriundo da insatisfação da elite, na esperança em recuperar às perdas que tiveram com a abolição dos escravos, tendo sido marcada por vários golpes de Estado pela instabilidade política decorrentes da inconfidência mineira, conjuração baiana, superando a monarquia com a aceitação das elites e a força do exército, garantindo os privilégios das classes dominantes com a negativa dos direitos das classes exploradas. Situação que acarretou a Revolução de Canudos, devido aos problemas da exclusão social e, mais rec
Alegra-te, Virgem Aparecida

Alegra-te, Virgem Aparecida

Artigo, Expresso
Por Monsenhor Rubião Peixoto Há mais de 300 anos, um grande sinal apareceu no Rio Paraíba do Sul. Como outrora no Apocalipse cap. 12, “um grande sinal apareceu no Céu”. no lago de Genesaré, a mando de Jesus, Pedro, Thiago e João laçaram as redes nas águas mais profundas e os peixes se multiplicaram. Na pátria Brasileira, também os pescadores João Alves, Domingos Garcia e Felipe Pedroso, por intercessão da Virgem Maria, pescaram peixes abundantes. 1717 acontece pequeno e grande sinal, no Rio Paraíba do Sul: a imagem da Senhora da Conceição Aparecida! A História narra que o Conde de Assumar, da Corte Portuguesa visitara as Minas Gerais de São Paulo. As autoridades locais queriam oferecer-lhes um banquete de peixes bem escolhidos. Se dirigiram aos três pescadores, afim de
Ricardo Noblat: Bolsonaro, criminoso confesso, deixa o brasileiro ao Deus-dará

Ricardo Noblat: Bolsonaro, criminoso confesso, deixa o brasileiro ao Deus-dará

Artigo
Se a Coronavac não tem eficiência comprovada conforme o presidente Jair Bolsonaro disse três vezes só nesta semana, e outras tantas desde o fim do ano passado, como o Ministério da Saúde do já distribuiu até agora 101 milhões de doses? Isso não configura crime – dele por desacreditar a vacina, e do Ministério da Saúde por distribuí-la? Não é o caso de repetir o que o planeta Terra sabe: Bolsonaro é um mentiroso compulsivo, mas de ele ser punido pelas mortes dos que acreditam em sua palavra. Há comprovação científica de que a vacina funciona – entre elas, a imunização com sucesso de mais de 1 bilhão de pessoas na China, o país mais populoso do mundo, e de milhões no Chile e em outros lugares. Ou então aqui mesmo no Brasil. Logo, quando Bolsonaro sabota a Coronavac, porque foi J
Por Eliana Cavalcanti: ‘Fim de uma bela história’

Por Eliana Cavalcanti: ‘Fim de uma bela história’

Artigo
Em 1972, comecei a vir de Recife para dar aulas no Colégio SS. Sacramento. No ano seguinte, casei-me, vim morar em Maceió e abri a primeira escola de balé de Alagoas. Aqui já tinham ensinado outras professoras e havia uma única ensinando na AABB, naquele momento. Eu já ensinava balé no Curso de Danças Clássicas Flavia Barros desde os meus 15 anos. Somam-se, portanto, 55 anos de ensino dessa arte magnífica. Egressa da posição de primeira bailarina do Grupo de Ballet do Recife, recebi, por duas vezes, convite (Ballet Stagium de São Paulo e Associação de Ballet do Rio de Janeiro) para ser bailarina profissional. Declinei desses convites e nunca me arrependi, pois, com o passar do tempo, compreendi que a minha vocação maior estava voltada para o ensino. O Ballet Eliana Cavalcanti comple
Escola Creche Zilda gama fecha as portas após 100 anos de atividades

Escola Creche Zilda gama fecha as portas após 100 anos de atividades

Artigo, Expresso
Por Cláudia RC Lima Dia 27 de junho a Escola Creche Zilda Gama completou 101 anos de existência, um Centenário de uma instituição filantrópica fundada em 27 de junho de 1920. Inicialmente dirigida por uma “comissão de instrução”, um departamento do Centro Espírita Alagoano Melo Maia (CEAMM) composta de 17 senhoras da nossa sociedade, sob a presidência da Sra. Teodorica Bulhões. Funcionou como Escola até meados de 1976 quando interrompeu suas atividades. Em 1979, a Sra. Terezinha Madeiro Ramos, frequentadora e colaboradora do CEAMM notando o abandono em que se encontrava a sede da Escola, resolveu lançar mãos à obra com o intuito de reabrir a instituição, conseguindo voltar as atividades já como Escola Creche, com uma sala de aula e abrigando 20 crianças. Com as doações de muitos