21 de outubro de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Programa Primeira Infância Cidadã completa um ano de atuação em Maceió

Ações são executadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social

Equipe do programa com o vice-prefeito Marcelo Palmeira durante capacitação da equipe. Foto: Ascom Semas

O Programa Criança Feliz, intitulado em Maceió Programa Primeira Infância Cidadã (PPIC), completa, nesta quarta-feira (05), um ano de atuação na capital alagoana.

A iniciativa da Governo Federal e executada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) tem o objetivo de apoiar e acompanhar o desenvolvimento infantil integral na Primeira Infância (crianças de 0 a 6 anos) e facilitar o acesso da gestante, das crianças e de suas famílias às políticas e aos serviços públicos que necessitam.

O Programa foi implantado na gestão do vice-prefeito Marcelo Palmeira à frente da Semas. O Programa se desenvolve por meio de visitas domiciliares com ações de Saúde, Educação, Assistência Social, Cultura e Direitos Humanos.

O público alvo do programa são crianças de até 0 anos a 6 anos e gestantes. Foto: Ascom Semas

O público-alvo é composto por crianças de até 3 anos e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, crianças de até 6 anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias, e crianças de até 6 anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção que residem no bairros do Vergel do Lago, Bom Parto, Trapiche, Ponta Grossa, Cruz das Almas, Jacarecica, São Jorge, Jacintinho e Benedito Bentes.

Segundo o secretário de Assistência Social, Henrique Alves Pinto, o Programa Primeira Infância Cidadã veio para somar com serviços já ofertados pela Semas.

“A implantação em Maceió foi muito importante, porque a atenção a crianças e gestantes,  que residem em áreas de maior vulnerabilidade social, aumentou e hoje já estamos colhendo resultados positivos”. Henrique Alves Pinto, secretário de Assistência Social.

De setembro de 2019 a maio de 2020 foram visitados 8.072 usuários. Foto: Ascom Semas

De acordo com a coordenadora do Programa, Wellida Santos, de setembro de 2019 a maio de 2020, o Primeira Infância Cidadã visitou 8.072 usuários, sendo 6.901 crianças de 0 a 3 anos, 85 crianças de 3 a 6 anos beneficiárias do BPC e 1.088 gestantes.

“O  Programa desenvolve um trabalho social com as famílias nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) Área Lagunar, Bela Vista e Selma Bandeira, identificando demandas e realizando articulações com a rede intersetorial para a garantia de acesso a serviços e direitos e redução de desigualdades.  Durantes as visitas domiciliares são considerados o contexto familiar e as necessidades e potencialidades das famílias, para dar suporte e fortalecer a função protetiva e possibilitar o enfrentamento de vulnerabilidades”. Wellida Santos, coordenadora do Programa.

Os visitadores planejam atividades lúdicas que são desenvolvidas pelos cuidadores com suas crianças, considerando sempre a faixa etária, a existência de alguma deficiência e o grau de dificuldade da criança. Nesse primeiro ano, foram realizadas  27.936 visitas domiciliares.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.