22 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

12 de março: Conquistas da Uncisal marcam o Dia do Bibliotecário

Sistema Pergamum, Plataforma A e reforma da estrutura física são alguns dos destaques da nova biblioteca

Os livros da biblioteca física (com 14.700 títulos) e da biblioteca virtual podem ser consultados pelos estudantes, professores e também pelos técnicos da Uncisal

“Há 37 anos eu sou usuário da biblioteca da Uncisal [Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas ]”, afirmou Aldemar Araújo, professor de Pesquisa na Área de Saúde e egresso do curso de Medicina da instituição.

Nesta terça-feira, 12, é comemorado o Dia do Bibliotecário, cuja importância vai muito além de apenas manter uma biblioteca em ordem.

Ele está presente na vida das pessoas desde muito cedo: ensinando a cuidar dos livros, auxiliando na busca por mais conhecimento e ajudando a entender como os volumes são organizados nas prateleiras e, atualmente, nas plataformas virtuais.

O professor Aldemar Araújo descobriu a importância da biblioteca na sua formação já na época de estudante.

“Durante as aulas da graduação, eu percebia que precisava de algo a mais para complementar o conteúdo. E eu descobri nos livros, e com isso, na biblioteca, o local onde eu podia ter acesso a outras informações e a outros pontos de vista, que complementavam o que eu estava vendo na sala de aula”, explicou ele, acrescentando que, depois, como residente, isso ficou bem mais claro.

 

Como docente da Uncisal, Aldemar Araújo observou uma mudança na biblioteca no decorrer do tempo: a presença de recursos no formato online.

“Como a maior parte dos livros está disponível eletronicamente, a gente repensa a biblioteca como um local para estudos em grupo, para usar recursos de computador que não estão disponíveis via o nosso computador, dentre outras possibilidades proporcionadas pela nova estrutura, como bancadas de estudo individual, sala de aula, sala de informática e sala de estudo”, apontou ele.

“Na minha época, quando eu era estudante, a quantidade de livros era limitada. Hoje, com a biblioteca virtual, a quantidade de livros é infinita”, lembrou o professor da Uncisal. “Por isso a importância de utilizar a biblioteca virtual e os recursos disponibilizados pela biblioteca física e pela plataforma online. Isso é fundamental na formação do estudante e também na visão crítica que ele vai ter, já que acessando esses materiais ele consegue ter outros pontos de vista para complementar a sua formação”, concluiu Aldemar Araújo.

Liderança feminina na Biblioteca Central Professor Helvio Auto

Liderada pela servidora Tânia Veras, a Biblioteca Central Professor Helvio Auto conta com servidores que prestam um serviço de excelência para a comunidade acadêmica. Dentre elas, as bibliotecárias Gardênia de Castro e Gabriela Crispim. “Nossas bibliotecárias são essenciais para a biblioteca e fazem a diferença na gestão da informação dos livros, usando as novas tecnologias de informação e comunicação disponíveis”, disse Tânia Veras, que há 45 anos atua na Biblioteca da Uncisal.

A bibliotecária Gardênia de Castro, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, trabalha há 12 anos na Biblioteca da Uncisal, onde realiza o tratamento de informação e dá acesso ao usuário ao que ele precisa. Neste dia 12 de março, ela apontou três ganhos da Biblioteca da Uncisal que valem a comemoração: o sistema Pergamum, a Plataforma A e a reforma da biblioteca, entregue no último dia 19 de fevereiro.

“A primeira conquista é o sistema Pergamum, uma grande aquisição da Uncisal, utilizado para organizar toda a informação, tanto digital quanto física. A segunda é a Plataforma A, a biblioteca virtual que reúne 2.700 títulos atualizados”, descreveu. Ela lembrou que os livros da biblioteca física (com 14.700 títulos) e da biblioteca virtual podem ser consultados pelos estudantes, professores e também pelos técnicos da Uncisal.

“A terceira conquista, a reforma da biblioteca, proporcionou um ambiente melhor, tanto para os alunos como para quem está trabalhando aqui [na biblioteca]. Então hoje a gente tem muito mais vontade de trabalhar num ambiente mais acolhedor e conforme os padrões”, concluiu Gardênia de Castro. Ela agradeceu a toda equipe responsável pela entrega de uma nova biblioteca: Reitoria, Coordenação de Engenharia e Arquitetura (Cearq), Supervisão Executiva de Tecnologia da Informação (Sutin) e Limpeza.

Há 8 anos na Biblioteca Central da Uncisal, a bibliotecária Gabriela Crispim, formada pela Universidade Federal de Alagoas, destacou que a recente reforma da biblioteca proporcionou um ambiente organizado, que promove bem-estar físico e mental para servidores e comunidade acadêmica. “A Uncisal é motivo de orgulho para a sociedade alagoana. Que seja cada vez mais forte e acolhedora para alcançar voos cada vez maiores”, disse ela, que parabenizou todos que fazem parte da equipe e, em especial, os bibliotecários.

Gabriela Crispim explicou que uma das atividades inerentes ao bibliotecário cabe também ao processo técnico: tratar as informações de modo que seja disponibilizada aos usuários. “Nosso acervo está compatibilizado de acordo com as indicações bibliográficas das disciplinas de todos os cursos da Uncisal. As coordenações de cursos e biblioteca estão imbuídas dessa tarefa, a de elevar a qualidade do ensino por meio do trabalho de uma equipe competente, da qual fazemos parte, junto a Proeg [Pró-reitoria de Ensino e Graduação]”, concluiu.

Acesso à Biblioteca Virtual

A comunidade da Uncisal pode localizar os e-books da Plataforma A a partir da página de busca do Sistema Pergamum, e acessá-los utilizando o login e senha que usam para realizar empréstimos de livros na respectiva biblioteca. Para quem ainda não possui login para acessar o sistema Pergamum, o cadastro deve ser realizado, presencialmente, na biblioteca Central da Uncisal.

Para ter acesso ao acervo, é necessário seguir o passo a passo disponível no endereço eletrônico https://uncisal.edu.br/proeg/biblioteca-virtual. Em quatro passos, é possível fazer o login no Pergamum; pesquisar obra ou tema de interesse; selecionar o ebook; e navegar no sistema.

A comunidade universitária também tem a opção de explorar o acervo da Plataforma A por meio da plataforma Moodle.