28 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade

Blog

Fernando Collor quer o apoio de Lira para se candidatar a governador

Fernando Collor quer o apoio de Lira para se candidatar a governador

Blog, Marcelo Firmino
As andanças do senador Fernando Collor (PROS) pelo interior do Estado, colado no presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP) têm uma razão de ser que pode surpreender mais à frente. Lira tem como aliados na atualidade metade dos prefeitos alagoanos, graças a sua capacidade de articulação e, claro, ao orçamento secreto que seduz e faz sorrir até mesmo o mais sisudo dos gestores municipais. É nessa onda da popularidade adquirida de Arthur Lira que Collor segue surfando. Aonde chega ainda é tratado como "o presidente Collor", o que lhe garante navegar sorridente no seu velho prestígio, sobretudo, com o eleitorado mais antigo. Soma-se a isso o fato de ser hoje o mais novo "amigo de infância" de Jair Bolsonaro. A equipe que o acompanha já não tem mais dúvidas que Collor q
Nova PEC da bengala quer transformar STF em puxadinho de Bolsonaro

Nova PEC da bengala quer transformar STF em puxadinho de Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino, Política
Em 2015, época do governo Dilma Rousseff (PT), o País já vivia a efervescência dos movimentos raivosos de direita e conservadores, dentro e fora do Congresso, cujo resultado plantado deu no impeachment da presidente. Foi nesse momento que parlamentares dessa base, liderados pelo frenético Ônyx Lorenzzoni, criaram e aprovaram a PEC da Bengala no judiciário, que aumentou o tempo da aposentadoria compulsória dos ministros dos tribunais superiores da magistratura de 70 para 75 anos. Naquele momento, a mudança foi considerada uma retaliação à então presidente Dilma, que poderia indicar três nomes de ministros para a corte. Pois bem. Eles ganharam o governo com Bolsonaro e os movimentos seguintes foram de aparelhamento total de todos os órgãos, tal como na ditadura militar, bem ao g
Se está difícil para o Roberto Carlos…

Se está difícil para o Roberto Carlos…

Blog, Wagner Melo
Se está difícil para o Roberto Carlos, que ficou parado na rua sem combustível no carro dele, imagina para a gente? Segundo a assessoria do cantor, como o “rei” ficou muito tempo isolado em casa, por conta da pandemia de Covid-19, e saiu pouco com o seu Audi R8, acabou não percebendo que o nível do tanque estava na reserva. Resultado: pane seca. É claro que não falta dinheiro para Roberto Carlos abastecer os seus veículos, mas, não dá para perder a piada. E nem a oportunidade de criticar essa política cruel de reajuste semanal nos preços dos combustíveis. O valor do litro da gasolina era um dos principais motivos para os fascistas criticarem o governo do pleno emprego, do acesso aos bens de consumo e da distribuição de renda. Agora, estão satisfeitos. Bem-vindos ao Brasil d
BRK é sinônimo de dor de cabeça intensa e de desgaste para o governo

BRK é sinônimo de dor de cabeça intensa e de desgaste para o governo

Blog, Marcelo Firmino
A água é um bem sagrado para todo e qualquer ser vivo. Por isso mesmo deveria ser um bem comum a todos. Nesse aspecto o governo de Alagoas tem um problema que se não lhe der dores cabeças intensas, certamente trará desgastes na gestão. Chama-se BRK. O contrato do governo de Alagoas assinado com a empresa na ordem de R$ 2,6 bilhões pode ter sido um negócio da China para os cofres do tesouro estadual, mas tornou-se salgado para o consumidor que dependia do abastecimento da água da Casal. Esse contrato que prevê, inicialmente, a prestação dos serviços de água e esgoto de 13 cidades da Região Metropolitana de Maceió pela BRK tem sido objeto de irritação da população, a cada falta d'água nas torneiras. A empresa privatizou o serviço. Assim, tem direito a ele quem paga. A populaç

Governo não esconde mais: Paulo Dantas é o candidato à sucessão de Renan Filho

Blog, Marcelo Firmino
O fim de semana que passou não deixou mais dúvidas quanto ao candidato palaciano a sucessão do governador Renan Filho (MDB). Acompanhado do senador Renan Calheiros, o governador esteve na região norte do Estado entregando obras e, com eles, estava o deputado estadual Paulo Dantas. Claro que poderia ter sido apenas o cumprimento natural de uma agenda que envolve representantes do Executivo e do Legislativo. Mas, do norte, em pleno Dia da Consciência Negra, eles subiram juntos à Serra da Barriga, para reverenciar a memória de Zumbi dos Palmares. E ficaram juntos: O governador Renan Filho, o senador Renan e o deputado Paulo Dantas. Mais emblemático que isso só mesmo o sorriso de satisfação da comitiva, em meio a energia poderosa que emana do solo sagrado de Zumbi. Energi
Na eleição da OAB o show foi do marketing, após um racha no mesmo grupo

Na eleição da OAB o show foi do marketing, após um racha no mesmo grupo

Blog, Marcelo Firmino
Há tempos que a seccional da OAB em Alagoas não tinha uma eleição diferente, animada e com envolvimento de tantos advogados jovens. Ao contrário de disputas passadas, este ano o processo transcorreu sem baixaria explícita, muito mais tranquila e com o viés do "marketing show". Desde as arenas instaladas às margens de vias públicas até as manifestações isoladas dos defensores de cada candidato. Tudo pensado pelo marketing. Venceu a chapa 2 - "OAB Arretada". Os candidatos Vagner Paes e Natália Von Sohsten incorporaram o sentimento de contrariedade interna entre os jovens advogados. Na verdade, o processo eleitoral da Ordem se deu em função de rompimentos entre os gestores do mesmo grupo. Os dois concorrentes, Paes e Maiorano, são oriundos da atual gestão de Nivaldo Barbosa, c
No silêncio, JHC matura o tempo com o cavalo selado à porta para 2022

No silêncio, JHC matura o tempo com o cavalo selado à porta para 2022

Blog, Marcelo Firmino, Política
Em política, principalmente nas bandas de cá, diz-se sempre que quando o cavalo selado para na porta é preciso montar, antes que ele vá embora logo. Hoje em Alagoas, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (JHC), do Partido Socialista Brasileiro, é o nome mais forte que aparece em todas as pesquisas de opinião pública realizadas este ano, com foco nas eleições para o governo do Estado. Cenário por cenário, JHC é o nome que aparece à frente, com larga diferença entre todos os outros citados nas planilhas dos institutos de pesquisa. Ou seja, o cavalo está lá. O curioso nisso tudo é o silêncio do prefeito de Maceió em relação aos fatos. Pode está no dilema ser ou não ser ou mesmo conjecturando entre os seus que estratégia seguir. Claro, que, lá atrás, chegou a sinalizar
O torcedor regatiano merece muito mais que a mesmice de 30 anos

O torcedor regatiano merece muito mais que a mesmice de 30 anos

Blog, Marcelo Firmino
A paixão cega do torcedor regatiano não lhe permite acreditar em muitas coisas. É mais fácil e cômodo fazer a profissão de fé na jornada pura e simples. E nessa profissão o futuro ao longo desse tempo de disputas na série B continua uma meta a ser alcançada. Já são mais de 30 anos na B e em alguns casos batendo à porta da série A, mas sem concretizar o que seria o objetivo da maioria dos torcedores. Nesse tempo, muitas jogadas ocorreram dentro e fora de campo mexendo com mentes, corações e sentimentos de uma massa torcedora alheia aos bastidores e aos interesses de cada agente envolvido no processo. O jogo contra o Brusque, onde o Galo perdeu por 1 a 0, reforça a revelação de um conceituado conselheiro, ex-diretor vitorioso no clube, que declarou a existência de situações i
Dos estilosos aos ‘invisíveis’ das calçadas, o novo tom da brasilidade

Dos estilosos aos ‘invisíveis’ das calçadas, o novo tom da brasilidade

Blog, Marcelo Firmino
Enquanto a elite passa estilosa pelas ruas e calçadas da Ponta Verde, em Maceió, o contraste do flagelo segue ignorado aos olhos nus da "brasilidade" atual. As cenas degradantes são vistas também no País inteiro, que acolheu o discurso aberrante das desigualdades, onde os desassistidos, entregues à própria sorte e ao descaso, com o fim das políticas públicas, são vistos também em cada ponto de lixo disputando restos de comida. A fome lacra e cancela essa gente triste de uma realidade bem brasileira dos dias atuais. Mais lamentável é que a situação tende a piorar com o crescente número da miséria, com a alta dos preços na inflação galopante a corroer os salários do trabalhador das classes menos abastadas. E só piora mesmo quando pesquisas revelam que há 20 milhões de brasile
‘Rachadinhas’ não racham Flávio Bolsonaro no STJ; só pés descalços

‘Rachadinhas’ não racham Flávio Bolsonaro no STJ; só pés descalços

Blog, Marcelo Firmino
A justiça tem lado e sabe escolher bem à base do vale quanto pesa. O caso das "rachadinhas" do senador Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ), agora anulado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), diz muito sobre essa realidade. Flávio foi denunciado em processo de corrupção por peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro pelo Ministério Público do Rio. Segundo a denúncia, ele desviava salários de funcionários durante os mandatos que teve como deputado estadual da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. O irmão dele, Carlos Bolsonaro, também foi acusado de manter a mesma prática na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Mas, agora o STJ diz que isso não é problema. Ou que talvez não seja nada e anulou os processos. O principal articulador para anulação do processo contra