24 de fevereiro de 2024Informação, independência e credibilidade
Arapiraca

Ações transformadoras em Arapiraca garantem dignidade e direitos sociais

As ações da Prefeitura se desenvolvem em parceria com o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL),

O prefeito Luciano Barbosa impulsionando políticas públicas em Arapiraca

Em uma iniciativa marcante nos bairros periféricos e povoados de Arapiraca, a gestão do prefeito Luciano Barbosa tem promovido dignidade e assistência para as famílias em situação de vulnerabilidade social. As ações, que abrangem áreas como saúde, educação, assistência social e infraestrutura urbana, visam melhorar a qualidade de vida dos arapiraquenses.

Para impulsionar políticas públicas voltadas aos mais necessitados e aprimorar os indicadores sociais, a gestão lançou, em junho de 2021, o Programa Viver Melhor, sob a coordenação da professora Ana Valéria Peixoto. As intervenções incluem a construção de escolas, creches, unidades de saúde, obras de infraestrutura urbana, pavimentação, regularização de moradias, e a revitalização do Restaurante Popular Jerimum, entre outras ações.

Em um momento significativo durante a ação da Prefeitura em parceria com o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), a dona de casa Maria Verônica de Oliveira, gari há 20 anos, recebeu o título de propriedade de sua casa. “É um momento muito especial na minha vida, e um presente melhor do que esse não tem”, afirmou emocionada Maria Verônica.

A gestão do prefeito Luciano Barbosa também prioriza o acolhimento a gestantes e bebês por meio do projeto “Mãe arapiraquense: árvore da vida”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Além de incentivar o pré-natal, a gestão distribui kits de enxoval para gestantes, beneficiando mais de 300 mulheres até o momento.

Outras ações incluem o repasse de aluguéis sociais e benefícios eventuais a famílias desabrigadas, devido a riscos de desabamento causados pelas chuvas. Desde 2020, a Secretaria de Desenvolvimento Social distribui milhares de cestas básicas à população vulnerável cadastrada no Cadastro Único e nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), seguindo critérios de triagem e número de dependentes familiares.