22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas é o estado que mais reduziu número de moradores que vivem na extrema pobreza

Governador comemora dados do IJSN que mostram que a redução foi de 4,3 p.p. na taxa, o que representa mais de 100 mil alagoanos fora da extrema pobreza

O governador Paulo Dantas comemorou o excelente resultado que o estado obteve no combate à fome e a retirada de famílias da extrema pobreza. Segundo pesquisa do  Instituto de Justiça Social e Econômica (IJSN) baseada em dados do IBGE, Alagoas foi o estado que mais reduziu a extrema pobreza em 2023, numa variação superior a 33% em comparação com o ano anterior. O que significa que mais de 100 mil alagoanos deixaram de viver abaixo da linha de extrema pobreza no ano passado.

De acordo com os dados divulgados, a taxa da extrema pobreza em 2022 era de 13,2%, e passou para 8,8% em 2023 em Alagoas – uma queda de 4,3 pontos percentuais. Além disso, o estado também se destacou ao ser o quarto estado com a maior redução geral da pobreza, marcando uma queda de 8% na taxa.

Este progresso não é isolado, já que o Brasil como um todo também observou uma queda significativa na taxa de extrema pobreza, passando de 5,9% para 4,4%. No total, cerca de 3,1 milhões de brasileiros superaram a extrema pobreza no último ano.

Para o governador Paulo Dantas, esses resultados são fruto de investimentos substanciais em políticas públicas que visam a geração de renda e o desenvolvimento econômico. “Somente em 2023, o governo estadual investiu mais de R$ 600 milhões em ações direcionadas ao combate à pobreza, com diversos programas. Acabamos de criar o Conselho Estadual do Alagoas sem Fome, que tem como seu principal objetivo, alinhar e expandir as ações do Programa Alagoas Sem Fome, que tem gerado grandes resultados e doações de toneladas de alimentos arrecadados em doações e parcerias”, afirmou.

Paulo Dantas também reconheceu que há muito a ser feito ainda, mas que esses resultados impulsionam o Governo de Alagoas a realizar cada vez mais políticas públicas de combate à fome. “Fizemos muito, mas ainda há muito a ser feito. Temos uma taxa de 8,8% que precisa ser diminuída cada vez mais. Aliados com as políticas públicas do Governo Federal, vamos reduzir ainda mais e esses resultados mostram que estamos no caminho certo”, comemorou.

Dia D do Alagoas Sem fome e próximas ações

O Dia D do Alagoas Sem Fome será realizado no próximo domingo (28), no município de Olho D’Água Grande, onde, entre outras ações, o Governo de Alagoas deve anunciar a Creche Cria, Praça Cria, Complexo Nutricional, Hortas Urbanas dentro de uma escola estadual e as ações de cada secretaria voltadas para atendimento ao público em situação de vulnerabilidade.

Entre as próximas atividades a serem executadas pelo programa estão: criação de Hortas Urbanas; aberturas de Padarias Artesanais; expansão dos Restaurantes Populares; Complexos Nutricionais; além da inclusão do Cartão Alimentação e a criação de Fábricas de Alimentos.