24 de fevereiro de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas garante incentivos fiscais a empresas que vão investir mais de R$ 29 mi

Benefícios concedidos devem gerar cerca de 335 empregos diretos e 1.600 indiretos

Reunião do Conedes aprovou benefícios para nove empresas,A que vão investir mais de R$ 29 milhões. Foto: Ascom Sedics

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Sedics), por meio do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes), aprovou, na manhã desta quarta-feira (13), incentivos fiscais a nove empresas.

Juntos, os empreendimentos injetam mais de R$ 29 milhões e 800 mil na economia alagoana. Os incentivos foram autorizados durante a 6ª Reunião Ordinária do Conselho.

Dentre os nove processos, seis são de novos benefícios, um de expansão, um de prorrogação e um de alteração de titularidade. Foram deliberados e aprovados novos incentivos fiscais, por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin), para as empresas Saba Brasil LTDA; El Elyon Industria de Persianas e de Cortinas LTDA; IPAM – Indústria de Perfilados de Aço e Metal LTDA; Estelar Indústria de Aço LTDA; Cooperativa de Colonização, Agropecuária e Industrial Pindorama LTDA – Unidade filial derivados de milho; Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais da Colônia Pindorama LTDA – Unidade industrial levedura seca; Tambaqui Empreendimentos Hoteleiros LTDA; Nordeste Móveis do Brasil e Copra Indústria Comércio – Copra Alimentícia. As nove empresas, juntas, devem gerar mais de 335 empregos diretos e 1.600 empregos indiretos.

Para a secretária de Estado do Desenvolvimento, Maria Alice Beltrão, o Governo de Alagoas segue trabalhando firme para prospectar novos investimentos. “Os benefícios locacionais e fiscais atraem novas empresas, impulsionando a nossa economia. Com isso, são novos postos de trabalho e novas oportunidades para os alagoanos”.