14 de junho de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Alagoas lança programa Coração de Estudante e fortalece ações de saúde emocional nas escolas

Estado foi o segundo do país que mais investiu na presença de psicólogos no ambiente escolar em 2023, segundo o Censo Escolar. Ações envolvem também prevenção à violência.

Escolas estão mobilizadas para trabalhar o socioemocional de seus estudantes. Foto: Thiago Athaíde/Ascom Seduc

O Governo de Alagoas lança nesta terça-feira (25) o Programa Coração de Estudante, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para trabalhar o desenvolvimento socioemocional do estudante, garantindo as condições necessárias à promoção da saúde mental e ao pleno desenvolvimento social do alunado. O evento terá início às 11h, no Centro de Convenções, com a presença do governador Paulo Dantas e da secretária Roseane Vasconcelos.

O programa foca no atendimento especializado realizado pelo Núcleo Estratégico de Acompanhamento Psico Socioassistencial (NEAPSA) da Seduc, composto por 80 profissionais, dos quais 60 são psicólogos e 20 são assistentes sociais, que trabalham também com atenção e prevenção a situações indicativas de violência.

Esses profissionais atuam em todas as escolas estaduais interagindo com os estudantes em ações de escuta que incluem palestras, rodas de conversa e dinâmicas. A partir do que identificam, eles farão as intervenções adequadas para cada situação, inclusive encaminhamentos para o Conselho Tutelar e para as redes de apoio que integram os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), quando necessário.

Destaque Nacional

A criação deste núcleo ajudou Alagoas a se consolidar como o segundo estado do Brasil que mais aumentou a presença de psicólogos nas instituições públicas de ensino em 2023, mais que dobrando o percentual – de 10% para 25% – segundo indicou o Censo Escolar divulgado este ano. Atrás apenas de Santa Catariana. Esse desempenho foi destacado em reportagem do jornal O Globo, na edição do último dia 11 de março.

O Coração de Estudante chega para fortalecer ainda mais essas ações, com profissionais espalhados por todo o estado e atuando em parceria com as redes de apoio psicossociais. “Depois do que passamos na pandemia, quando tivemos que conviver com o distanciamento social, a sociedade voltou fragilizada. Tivemos muitas perdas. Os jovens, em especial, sofreram um impacto muito forte e, por isso, o Governo de Alagoas traz esse programa para trabalhar a saúde emocional dos nossos estudantes e ajudá-los nesta fase de novas descobertas e autoconhecimento que será essencial nas suas vidas”, observa a secretária Roseane Vasconcelos.