24 de fevereiro de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

ALE recebe representantes do CNJ que acompanham o caso Braskem

Membros do OCGR estão em Maceió para acompanhar a atuação das instituições do Poder Judiciário, Legislativo e Executivo no caso

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor, recebeu nesta quinta-feira, 18, representantes da Corregedoria Nacional da Justiça (CNJ) e do Observatório de Causas de Grande Repercussão (OCGR), que estão em Maceió para acompanhar a atuação das instituições do Poder Judiciário, Legislativo e Executivo no caso Braskem.

O vice-presidente da Casa, deputado Bruno Toledo (MDB), e o procurador-geral do Poder Legislativo, Luiz Medeiros, também acompanharam a reunião.

A atuação conjunta da Corregedoria Nacional de Justiça e do Observatório, colegiado composto por integrantes do CNJ e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), busca alternativas que promovam agilidade no trâmite processual e a resolução das questões envolvendo a temática.

O ministro Luís Felipe Salomão, corregedor do CNJ, disse que a ideia da comissão é visitar todas as instituições envolvidas direta ou indiretamente com o caso e identificar todos os problemas existentes para, em seguida, buscar uma solução.

“Neste momento é preciso que se faça uma avaliação de todo o caso, aprender com os erros e avançar. Vamos buscar uma solução mais adequada para o caso, lembrando que as responsabilidades civil, criminal e ambiental precisam ser apuradas. Após as visitas que estamos fazendo em Alagoas, iremos encaminhar algumas soluções”.

O presidente Marcelo Victor relembrou a história da Braskem em Alagoas e destacou que a Assembleia Legislativa é ciente de sua responsabilidade e que o objetivo maior do parlamento é agir de forma colaborativa para que os processos continuem recebendo o tratamento mais efetivo possível.

“Nossa esperança é que o processo caminhe para que nosso Estado continue crescendo e atraindo novos investimentos, sem esquecer das vítimas que foram atingidas por essa tragédia. A Assembleia Legislativa sempre buscou o equilíbrio nessas discussões tanto no aspecto econômico, quanto no aspecto social. Sempre estaremos aqui para somar”.

Antes da visita à Assembleia Legislativa, o grupo esteve no Tribunal de Justiça de Alagoas, no Fórum da Justiça Federal e no Palácio República dos Palmares. A programação inclui agora visitas ao Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região, Defensoria Pública de Alagoas e Prefeitura de Maceió, além de uma ida à área que abrange cinco bairros atingidos.