3 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Ambulatório Denilma Bulhões atenderá apenas urgências no turno da manhã até quarta

Unidade que funciona todos os dias, 24 horas por dia, está localizada no bairro Benedito Bentes, na parte alta de Maceió

Ambulatório 24 Horas Denilma Bulhões é referência na assistência pré-hospitalar. Foto: Carla Cleto / Ascom Sesau

O Ambulatório 24 Horas Denilma Bulhões, situado na Avenida Norma Pimentel, no bairro Benedito Bentes, em Maceió, passará por uma manutenção predial nesta segunda (18), terça (19) e quarta-feira (20).

Com isso, nestes três dias, o atendimento será restrito apenas às urgências durante o turno da manhã. Deste modo, os usuários que necessitarem de outra modalidade assistencial devem procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

No turno da tarde, entretanto, o Ambulatório 24 Horas Denilma Bulhões, que presta assistência para os casos que não são tratados nas UBSs [Unidades Básicas de Saúde] e nos hospitais, irá normalizar o funcionamento. Referência em assistência pré-hospitalar, o equipamento de saúde atendeu 7.248 pessoas no último mês de novembro, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a quem a unidade é vinculada.

De acordo com o diretor da unidade, Carlos Barbosa, a manutenção predial é necessária para evitar problemas hidráulicos e elétricos na estrutura física do prédio, que funciona há quase três décadas.

“Toda unidade de saúde, principalmente aquela que funciona todos os dias da semana, 24 horas por dia, necessita de manutenção preventiva e corretiva. Como nosso atendimento é essencial e não pode ser interrompido, iremos restringir o atendimento aos casos realmente de urgência, que condizem com o nosso perfil assistencial, para minimizar o impacto à população, que pode procurar as UPAs”.

O Ambulatório

O Ambulatório 24 Horas Denilma Bulhões funciona desde a década de 1990, no bairro Benedito Bentes, em Maceió, prestando assistência aos moradores do maior complexo habitacional do Estado. A unidade foi inaugurada durante a gestão do então governador Ronaldo Lessa, que atualmente ocupa o cargo de vice-governador do Estado.