29 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Após atraso nos voos, estados começaram vacinação no final de segunda-feira

Na maioria dos estados a distribuição comandada pelo Ministério da Saúde enfrenta atrasos

Rio de Janeiro, Santa Catarina, Goiás, Piauí, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Espírito Santo, Tocantins, Minas Gerais, Ceará, Pernambuco, Mato Grosso, Paraná, Amazonas e Rio Grande do Sul iniciaram nesta segunda (18) a vacinação contra a covid-19.  São Paulo começou a imunização um dia antes, no domingo (17).

No Rio de Janeiro, um evento simbólico em frente ao Cristo Redentor deu início a vacinação do grupo prioritário, composto por profissionais da saúde e idosos. As primeiras doses da CoronaVac chegaram no Rio após quatro horas de atraso.

De manhã, o Ministério da Saúde passou a distribuir das primeiras remessas da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. O processo foi iniciado a partir do Centro de Distribuição Logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Em Sergipe, na Paraíba, na Bahia, no Pará, no Distrito Federal e em Alagoas as primeiras doses da CoronaVac já chegaram.

Na maioria dos estados a distribuição comandada pelo Ministério da Saúde enfrenta atrasos. Foi este atraso que provocou o adiamento do início da vacinação no Distrito Federal para terça. Bahia, Rio Grande do Norte e Paraíba também já informaram que a vacinação começará na manhã desta terça.

Alagoas

Após uma série de mudanças de voos imposta pelo Ministério da Saúde, demorou, mas o carregamento com 87.760 doses da CoronaVac chegou ao aeroporto Zumbi dos Palmares.

Originalmente prevista para as 16h30 de segunda (18), a carga aterrissou apenas às 22h40 por causa da falta de logística na distribuição dos imunizantes, feita pelo Ministério da Saúde.