25 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Arapiraca vive o inferno administrativo com incompetência da atual gestão

Prefeita Fabiana Pessoa deixa cenário de terra arrasada e caos para o futuro prefeito

Fabiana Pessoa é acusada de gerar o caos na Prefeitura de Arapiraca

O prefeito eleito de Arapiraca, Luciano Barbosa (MDB),  vai herdar o pior cenário econômico e financeiro da história do município, segundo informações apuradas pelo Jornal de Arapiraca, que estão repercutindo intensamente na sociedade local.

De acordo com as informações, a Prefeitura vive hoje o inferno administrativo, devido a incompetência  da prefeita Fabiana Pessoa, que em poucos meses de mandato gerou na gestão municipal o ambiente de caos e terra arrasada. A prefeita é esposa do deputado federal Severino Pessoa (Republicanos). Ela assumiu após a morte do prefeito Rogério Teófilo.

Contratos com suspeitas de superfaturamento, como o da coleta do lixo, na ordem de R$ 24 milhões, além de um pedido de suplementação de recursos à Câmara Municipal, na ordem de R$ 140 milhões acabaram levando a Prefeitura ao Cauc – Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias – o que impedirá à futura administração de receber recursos federais, enquanto o problema durar.

O cenário político administrativo de Arapiraca é de absoluto desastre. O prefeito eleito Luciano Barbosa herdará uma prefeitura agonizando em diversos setores, com as finanças dilapidadas e uma folha de funcionalismo de aproximadamente R$ 23 milhões.

Aliados do futuro prefeito têm recomendado uma representação contra os desmandos no Ministério Público Estadual e no Tribunal de Contas do Estado, para que os desmandos administrativos  praticados pela Prefeitura sejam investigados dentro do campo da improbidade.