22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Policia

Caso Feira Grande: Polícia Científica aponta que carro capotou antes de passar por cima de moto

Imprudência no trânsito deixou duas pessoas mortas e quatro feridas nesta sexta-feira (26); motorista fugiu

Veículo Argo ficou destruído com impacto na pista e sobre as vítimas

A equipe do Instituto de Criminalística de Arapiraca periciou um grave acidente ocorrido na manhã desta sexta-feira (26), na rodovia estadual AL-485, em Feira Grande. A colisão entre um carro de passeio e uma moto deixou duas pessoas mortas e quatro feridas. O motorista do veículo causador do sinistro fugiu do local.

As vítimas fatais foram identificadas como Wesley da Silva Pereira, de 17 anos, que conduzia a moto, e a passageira, Maria Vieira Sandro, de 59 anos. Eles transportavam frangos abatidos em motocicleta, uma Honda Pop 110 branca, quando foram atropelados pelo veículo modelo Fiat Argo.

O perito criminal Edson Junior, responsável pela perícia de sinistro de acidente de trânsito com resultado morte, explicou como ocorreu a dinâmica do caso. Os levantamentos periciais apontaram que o motorista do carro realizou uma ultrapassagem em local indevido, em alta velocidade, incompatível com a via, e que inicialmente o carro impactou contra o meio-fio da contramão.

“Quando ele impactou um pneumático, isso fez com que o aro entrasse em contato com a superfície asfáltica, produzindo uma perda de controle. Ele teve uma capotagem, quebrou um poste, continuou capotando, impactou contra a motocicleta, passou sobre as vítimas, causando uma grande quantidade de fraturas”, explicou o perito criminal.

Edson Junior informou ainda que encontrou no local do sinistro latas de cerveja e um frasco de energético, provavelmente ejetado de um veículo. Ele fez a coleta do material genético das latinhas para confrontar com o DNA do motorista que conduzia o carro para confirmar se a boca dele teve contato com a boca das latas da cerveja.

Outras quatro pessoas que estavam no veículo de passeio foram socorridas e encaminhadas para um hospital de Arapiraca. Após a perícia no local, os corpos das duas vítimas fatais foram recolhidos para o Instituto Médico Legal de Arapiraca para o exame cadavérico.