22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Chuvas em Petrópolis (RJ) deixam pelo menos 34 mortos

Bombeiros mantêm buscas em locais onde houve deslizamentos e município decretou estado de calamidade pública.

As chuvas em Petrópolis, na região serrana fluminense, deixaram pelo menos 34 mortos, segundo informações da Defesa Civil municipal. O Corpo de Bombeiros mantém buscas nos locais onde houve deslizamentos de terra. O Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Civil, está trabalhando na identificação dos corpos.

Vídeos, divulgados nas redes sociais, também mostram imagens de carros sendo arrastados por fortes correntezas. O município decretou estado de calamidade pública.

Um dos locais mais afetados foi o morro da Oficina, no Alto da Serra, onde grande deslizamento de terra atingiu várias moradias. Segundo a prefeitura de Petrópolis, estima-se que 80 casas tenham sido afetadas no local, que fica próximo à Rua Tereza, conhecida área comercial do município perto do centro histórico.

Houve ocorrências também nas regiões 24 de Maio, Caxambu, Sargento Boening, Moinho Preto, Vila Felipe, Vila Militar, além das ruas Uruguai, Whashington Luiz e Coronel Veiga.

Em seu perfil no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse ter feito ligações para “auxílio imediato às vítimas”. Já o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), demonstrou preocupação com a situação em Petrópolis e disse manter conversas com o prefeito da cidade, Rubens Bomtempo (PSB). Ele disse ainda que orientou parte dos secretários a ajudar “no que for preciso”.