1 de março de 2021Informação, independência e credibilidade

Autor: Thiago Sampaio

Renan Filho estará em Brasília durante votação da MP que facilita compra de vacinas

Renan Filho estará em Brasília durante votação da MP que facilita compra de vacinas

Alagoas
O governador Renan Filho anunciou que viaja na próxima terça-feira (2) a Brasilia com o objetivo de firmar compromisso para a compra de vacinas contra a Covid-19. Ele já havia afirmado que o Estado provisionara recursos próprios para a aquisição dos imunizantes, caso o governo federal não os fornecesse em quantidade suficiente. "Terça que vem, vou a Brasília para assumir compromisso de comprar vacinas para os alagoanos para que aceleremos a imunização de nossos grupos de risco". Renan Filho. Ele aproveitou a postagem para fazer um alerta acerca do "crescimento assustador" da ocupação dos leitos de UTI em todo o Brasil, apesar de a taxa em Alagoas (65%), considerada de risco moderado, encontrar-se abaixo e bem melhor do que a média nacional. "Aproveito esse post para pedir a col
JHC reforça ter recebido Prefeitura endividada e fala em desafio grande

JHC reforça ter recebido Prefeitura endividada e fala em desafio grande

Maceió
Nas redes sociais, o prefeito de Maceió, JHC postou nesse domingo (28) manchete da Gazeta de Alagoas, que fala em déficit de R$ 17 milhões mensais da previdência da Capital. E lembrou ter sido contra o 'calote no Iprev'. https://twitter.com/JHC_40/status/1365993479273381889 "Assumi uma Prefeitura cheia de dívidas. Em 2020, entrei com ação pra evitar que fosse dado um calote no Iprev. Agora o resultado é esse: R$ 17 mi/mês. O desafio é grande, mas estamos economizando e cuidando das contas para não prejudicar aposentados e pensionistas". JHC, prefeito de Maceió.
Primeiro-ministro de Israel estrela vídeo para campanha de vacinação e contra fakenews

Primeiro-ministro de Israel estrela vídeo para campanha de vacinação e contra fakenews

Mundo, Vídeos
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, estrela um vídeo bem humorado que incentiva a vacinação e confronta fakenews que atacam a imunização. Curiosamente, o aliado do presidente Jair Bolsonaro faz exatamente o oposto do que faz seu compatriota brasileiro, que de forma irresponsável, segue apostando até mesmo contra máscaras e distanciamento social. Bolsonaro, portanto, é um alvo fácil dentre os idiotas que menosprezam e atacam a vacinação. Metade dos cerca de 10 milhões de habitantes de Israel já receberam a primeira dose da vacina. O reforço do imunizante já foi aplicado em 35% da população.
Covid-19: Hospitais de AL registram 100% de UTIs ocupadas e situação é crítica em Arapiraca

Covid-19: Hospitais de AL registram 100% de UTIs ocupadas e situação é crítica em Arapiraca

Alagoas, Expresso
Segundo o mais recente boletim da Secretaria de Estado da Saúde, alguns hospitais de Alagoas já atingiram a capacidade máxima em leitos exclusivos para Covid-19. Enquanto Maceió se aproxima de 59% de ocupação, os casos de Arapiraca e Palmeira dos Índios preocupam, com registros de 94% e  100% de ocupação respectivamente. A média estadual é de 55%. Confira os números clicando aqui. Decretos mais rigorosos Renan Filho, e a Prefeitura de Maceió alertaram a população para que se tenha mais cuidado nas prevenções contra o coronavírus ou serão necessárias medidas mais restritivas, como um novo fechamento do comércio. Nesta quarta, o Renan Filho lembrou da importância do uso de máscara, álcool gel e prática do distanciamento social para evitar superlação em hospitais ou decret
Participantes do BBB com tosse seca e sem olfato ou paladar indicam possível surto de Covid-19

Participantes do BBB com tosse seca e sem olfato ou paladar indicam possível surto de Covid-19

Brasil, Vídeos
Depois que alguns dos participantes do Big Brother Brasil foram vistos com tosse seca e comentando estarem sem olfato ou paladar, os telespectadores ligaram o sinal de alerta para um possível caso de Covid-19 na dita "casa mais vigiada do Brasil". Os participantes do reality show da Rede Globo estão confinados, mas há uma suspeita de quebra do isolamento depois de dois participantes, Arthur Picoli e Caio Afiune, terem recebido atendimento médico fora da casa após se lesionarem durante uma Prova do Líder na semana passada. Desde então, o próprio Caio falou ter dificuldade em sentir o gosto da comida, indicando perda de paladar. Camilla de Lucas vem tossindo com frequência Camilla diz estar com a garganta seca. E como que numa piada de mal gosto, observem C
Em dia com 1.582 mortes confirmadas, Bolsonaro critica máscaras e isolamento

Em dia com 1.582 mortes confirmadas, Bolsonaro critica máscaras e isolamento

Política
Os números da pandemia evidenciam um período trágico no Brasil. Completado um ano desde o primeiro caso confirmado de Covid-19, o Brasil perdia mais de 250 mil pessoas para o novo coronavírus. Um dia depois, no início do segundo ano da maior crise sanitária mundial, o país quebra um recorde infeliz, com 1.582 mortes confirmadas em um período de 24 horas. E potencializando a tragédia, de forma preocupante, o presidente Jair Bolsonaro resolveu, em mais uma live de conteúdos questionáveis, emitir sua "opinião" contra fatos e evidências científicas. Desta vez, pregando contra o uso de máscaras. "Começam a aparecer os efeitos colaterais das máscaras", disse o presidente. Leia mais: Bolsonaro diz que ‘máscara é coisa de viado’ Máscaras reduzem drasticamente chances de desenvolver caso
Bolsonaro tira Wajngarten e entrega Secretaria de Comunicação para um militar

Bolsonaro tira Wajngarten e entrega Secretaria de Comunicação para um militar

Política
O presidente Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira (25) alterar o comando da Secom (Secretaria de Comunicação Social) da Presidência da República, hoje chefiada pelo empresário Fabio Wajngarten. Ele pretende colocar a estrutura de comunicação sob o comando do atual chefe da SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos), almirante Flávio Rocha, que deve acumular as duas funções. Homem de confiança de Bolsonaro, Rocha já comandou a comunicação da Marinha. No início do mês, ao lado de Faria, participou de negociações com a China sobre o leilão da rede 5G no Brasil. Tido no Palácio do Planalto como culto e versátil, o almirante sempre foi lembrado como opção em momentos de vacância de cargos. A expectativa no Palácio do Planalto é de que a mudança seja anunciada ainda nesta quinta
Em nota, Aliança Comercial diz ser injusto “responsabilizar o comércio” com decretos mais rígidos

Em nota, Aliança Comercial diz ser injusto “responsabilizar o comércio” com decretos mais rígidos

Maceió
A Aliança Comercial de Maceió reagiu depois que o Governador de Alagoas, Renan Filho, e a Prefeitura de Maceió alertaram a população para que se tenha mais cuidado nas prevenções contra o coronavírus ou serão necessárias medidas mais restritivas, como um novo fechamento do comércio. Nesta quarta, o Renan Filho lembrou da importância do uso de máscara, álcool gel e prática do distanciamento social para evitar superlação em hospitais ou decretos mais rígidos. “É fundamental que empresários e que o cidadão alagoano compreendam que a gente não pode ver superlotados os hospitais, porque se a taxa de ocupação subir muito, não nos restará outra alternativa”. Renan Filho, governador de Alagoas. Já o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para o Enfrentamento à Covid-19, Claydson Moura, a
Políticos criticam Bolsonaro após Brasil atingir marca de 250 mil mortos por Covid-19

Políticos criticam Bolsonaro após Brasil atingir marca de 250 mil mortos por Covid-19

Brasil
O Brasil atingiu nesta quarta (24) a marca de 250 mil mortos em decorrência da covid-19. Desde as 20h de ontem, o país computou 1.390 novas mortes causadas pela doença. Segundo a Universidade Johns Hopkins, referência mundial nos estudos sobre a covid-19, o Brasil é o segundo país com mais mortes pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, com 503.529 óbitos e vive atualmente o seu pior momento na pandemia, com alta contaminação. O número ilustre foi um gatilho para políticos de oposição (neste cenário, qualquer ser humano sensato) lembrarem alguns dos termos mais comuns a se referir ao presidente Jair Bolsonaro, como "negligência", "descaso" e "genocida". https://twitter.com/cirogomes/status/1364694035621949450 https://twitter.com/acmneto_/status/1364693126472990724
Pandemia completa um ano no Brasil com 250 mil mortos e país à venda

Pandemia completa um ano no Brasil com 250 mil mortos e país à venda

Brasil
Há um ano, o Brasil registrava seu primeiro caso do novo coronavírus, um paciente que testou positivo para o vírus no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. O país passou então a ser o primeiro da América Latina a confirmar um caso do vírus que, naquela data, havia matado 2.708 pessoas. Apesar de todas as evidências, como as dezenas de mortes diárias na Itália, ou alertas de cientistas, o presidente Jair Bolsonaro parecia não se importar. Bolsonaro, por negacionismo, pura incompetência ou sabotagem, sustentava a tese de que tudo não passaria de uma gripezinha, que mataria apenas idosos e não pessoas com histórico de atleta como ele. Afinal, o Brasil já estaria naturalmente imune a isso, pois parte de nossa população já vive no esgoto - o triste dessas sentenças são ser